O TMZ, um website especializado em celebridades, divulgou esta quarta-feira uma fotografia de Asia Argento ao lado de Jimmy Bennett, quando este teria 17 anos e a atriz 37. O ator, agora com 22 anos, acusou Argento em tribunal de ter abusado sexualmente dele num quarto de hotel na Califórnia e de ter pago 380 mil dólares pelo seu silêncio, de acordo com o The New York Times.

Com os documentos do acordo enviado ao jornal, através de um email encriptado, chegou também uma selfie de maio de 2013 que mostra Asia Argento e o jovem deitados numa cama. Segundo o TMZ esta é uma das quatro fotografias captadas no quarto de hotel.

Esta quarta-feira, a atriz italiana — uma das líderes do movimento #MeToo, que denunciou os abusos sexuais do produtor de cinema Harvey Weinstein — quebrou o silêncio, negou todas as acusações e disse estar “profundamente chocada” com as notícias que vieram a público nos últimos dias. “Nunca tive uma relação sexual com Bennett”, afirmou num comunicado enviado a algumas redações e partilhado nas redes sociais.

Nessa mesma nota, a mulher que era namorada do chef Anthony Bourdain, que se suicidou em junho, disse que foi o cozinheiro a fazer o pagamento porque tinha receio da “publicidade negativa” que podia trazer para a sua reputação. “O Anthony assumiu pessoalmente a tarefa de ajudar Bennett financeiramente, na condição de não voltarmos a sofrer intrusões na nossa vida“, acrescentou.

Asia Argento nega acusações: “Nunca tive uma relação sexual com Bennet”

O TMZ mostra, também, várias imagens de uma alegada troca de mensagens entre a atriz e uma amiga na altura em que as acusações foram tornadas públicas. “Fiz sexo com ele e foi estranho, não sabia que ele era menor até receber a carta a pedir dinheiro”, terá dito Argento, acrescentando que não fez queixa porque sempre se “sentiu mal por este ator falhado de Hollywood”.

Quem é Jimmy Bennett, o jovem que acusou a líder do #MeToo de assédio