Miguel Amorim de Lemos, filho de portugueses emigrados na Bélgica, está desaparecido desde quinta-feira. Segundo o Jornal de Notícias, foi visto pela última vez na zona da Universidade Livre de Bruxelas, onde está a estudar.

Segundo informações da polícia belga citadas por aquele jornal, o jovem recebeu um telefonema por volta das 11h00 do dia do desaparecimento e não mais foi visto

https://twitter.com/politie_zoekt/status/1038394724758048768?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwgr%5E373939313b73706563696669635f73706f7274735f616374696f6e&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.jn.pt%2Fmundo%2Fjn-comunidades%2Finterior%2Fjovem-portugues-desaparecido-na-belgica-9818905.html

Miguel mede 1,97 metros e tem o cabelo e os olhos castanhos. Quando desapareceu vestia calças de ganga, uma camisola verde e um casaco e uma mochila castanhos. Normalmente Miguel frequenta a zona da floresta de Soignes e de Rouge-Cloître e mora na região de Valónia, a cerca de 40 quilómetros de Bruxelas. Os seus colegas vão reunir-se este domingo para procurá-lo na floresta.