País

“Não suporta comissões bancárias?” Eis as soluções

Se passa a vida a queixar-se do seu banco, é porque chegou a hora de mudar. Aqui está a chave para transformar as suas queixas e problemas em soluções.

Em 2017, o Banco de Portugal (BdP) recebeu mais de 15 mil reclamações por parte de clientes bancários. O número reflete um aumento de 8,1% face ao ano anterior. Não há como fugir à questão: o que é que as pessoas não suportam nos seus bancos? Várias coisas. Entre elas, as comissões associadas ao crédito à habitação, que lideram a lista de ‘irritações’ dos portugueses em relação aos bancos. E mais recentemente, depois de muitos bancos terem aumentado os custos associados às comissões e transferências, não são raros os consumidores zangados, à procura de  alternativas.

Qual é a sua ‘irritação’?

  1. Crédito habitação
  2. Transferências bancárias
  3. Juros cartão de crédito
  4. Comissões bancárias
  5. Comissões dos cartões
  6. Crédito pessoal
  7. Atrasar créditos

Desafiamo-lo a fazer um teste simples. São 7 questões de resposta direta que permitem avaliar a satisfação em relação ao seu banco. E mais: para cada mal, apresentamos um remédio. Ou seja, sempre que responder ‘sim’ à questão sobre o problema, encontra de seguida a solução. Está pronto?

Problema 1: Irrita-se com as comissões associadas ao crédito habitação?

Se está à procura da primeira casa, sabe bem que todos os cêntimos são importantes para poupar, de forma a conseguir reunir dinheiro para a entrada e para pagar todas as despesas inerentes à contratação do crédito habitação. Uma dessas despesas é a comissão de estudo de dossiê. Muitos consumidores sentem-se revoltados com o valor que os bancos cobram para analisar o processo antes da contratação do empréstimo, até porque esta comissão pode ser cobrada independentemente da aprovação do financiamento. Ou seja, mesmo que o banco não aprove o crédito ou o cliente não aceite as condições, não há lugar à devolução desta comissão, que ronda, em média, os 250 euros.

Solução: Para cada mal, um remédio. O Montepio está a oferecer a comissão de estudo de dossiê do crédito habitação numa nova oferta bancária chamada 15 em 1 | Serviço Máximo. Além de poupar cerca de 250€, tem a certeza de que fará um crédito responsável. Guarde estes conselhos: não olhe só para o spread na hora de comparar propostas entre bancos, porque a taxa que conta realmente e que inclui todos os custos e comissões é a TAEG. Considere fazer simulações com taxa variável, mas também taxa fixa. Lembre-se que as taxas vão começar a subir, e com elas, subirão as prestações do crédito. Crédito responsável!

Problema 2: Sente-se ‘roubado’ de cada vez que paga para fazer uma transferência?

Se respondeu sim, é porque ainda faz parte dos muitos portugueses que pagam para fazer transferências, ou dos que não pagavam e agora passaram a pagar.

Solução: Na verdade aqui tem várias soluções. Se a sua preocupação é apenas não pagar transferências, então tem o multibanco. Apesar de ter de se deslocar, de não poder fazer agendar transferências mensais e de ter um limite no valor a transferir, o custo ainda é zero euros.

Se o seu objetivo é poder fazer as transferências que quiser, como quiser, e do valor que pretender – sem limites ou preocupações – mantendo uma relação à distância ou no balcão, então o Montepio tem o melhor de dois mundos.

O banco está a oferecer transferências ilimitadas nos canais automáticos – sem custos – aos subscritores da solução 15 em 1 | Serviço Máximo, que tem 15 vantagens (incríveis) numa só conta.

Assim sendo, só continua a pagar transferências quem quiser.

Problema 3: Os juros do cartão de crédito são pesadíssimos

É verdade que o cartão de crédito dá muito jeito, mas os juros acumulados são o preço a pagar para quem recorre a este meio de pagamento como a única forma de fazer face a algumas despesas.

Soluções:

  1. Use o cartão de crédito de forma inteligente, isto é, liquide a dívida a 100% ao fim do mês, que é a melhor forma de garantir que não paga juros.
  2. Se quer usar o cartão à vontade, sem ter de pagar juros por isso, então o melhor cartão de crédito é o do Montepio. O banco está a oferecer 0% na taxa de juro do cartão de crédito em 2018, para quem subscrever a solução 15 em 1 | Serviço Máximo. Na prática isto significa que pode usar crédito para as férias, para o regresso às aulas ou outras despesas extra, sem ter de pagar mais por isso. Vale a pena aproveitar esta vantagem, enquanto dura.

Problema 4: As comissões bancárias injustificadas tiram-no do sério?

Provavelmente é umas das pessoas que estavam isentas do pagamento de comissões bancárias e que agora passaram a pagar. Elas não matam, mas moem, verdade? Sobretudo quando o valor cobrado não oferece mais e melhor serviço pelo que se paga.

Soluções:

  1. Contas de serviços mínimos: já ouviu falar?
    Se o que quer do seu banco é o mínimo, apenas os serviços bancários essenciais e não precisa de ter outra conta em seu nome em Portugal, esta esta opção garante que não pagará mais do que 5€ anuais.
  2. Serviço Máximo: já ouviu falar?
    O Montepio lançou 15 em 1 | Serviço Máximo, uma nova oferta que – tal como o nome indica oferece serviço máximo aos clientes. São 15 vantagens numa só conta, em que a única coisa que é mínima é o preço. São apenas 2€ por mês para ter acesso a um mundo de vantagens: acesso prioritário e descontos nas Residências Montepio, serviços de Apoio Domiciliário e Teleassistência; Devolução de 5% das despesas domésticas até 85€ por ano; Oferta de 25€ para começar ou reforçar uma poupança para as crianças (e só este voucher já paga o custo mensal da conta durante um ano).

A isto se chama serviço máximo ao mínimo preço. Ora veja!

Problema 5: Incomoda-o ter de pagar para ter um cartão de débito ou crédito, além de todas as comissões?

Não bastava ter de pagar as comissões de manutenção e outras mensalidades como ainda ser obrigado a gastar dinheiro para ter um cartão. A verdade é que se multiplicar as comissões de emissão e manutenção pelos vários cartões e contas, arrisca-se a ter uma surpresa. Os valores associados aos serviços bancários não são muito elevados, mas ao fim do mês, e do ano, são uma fatura pesada.

Solução: Caso subscreva a solução 15 em 1 | Serviço Máximo, não paga nem comissões de manutenção da conta à ordem, nem comissão de emissão e anuidades dos cartões de débito, nem tão pouco as mensalidades dos cartões de créditos associados à conta à ordem. Poupa uma pequena fortuna.

Problema 6: Gostava de não ter de pagar comissão para contratar um crédito individual?

Se vai pedir um crédito individual, é porque está a precisar de dinheiro. Pede uma simulação e percebe que, além dos juros, ainda tem de pagar uma comissão de contratação do crédito individual. É natural que fique irritado.

Solução: Mas anime-se. Há forma de escapar a mais esta despesa. Os subscritores da solução 15 em 1 | Serviço Máximo ficam isentos da comissão de contratação de um crédito individual.

Problema 7: Receia ficar com o nome na lista negra do Banco de Portugal?

Os imprevistos acontecem. Atrasar-se no pagamento da prestação de um crédito ou ‘distrair-se’ e ficar com alguns euros negativos na conta pode colocá-lo na lista negra do Banco de Portugal, ‘manchando’ o seu nome e situação bancária.

Solução: Evitar este tipo de situação é simples: o Montepio antecipa aos subscritores desta nova solução até 100% do ordenado domiciliado. Desta forma, terá à sua disposição outro ‘ordenado’, além do seu, para gastar como bem entender. Esta vantagem é particularmente útil para quem costuma chegar à segunda metade do mês com a conta perto de zero.

Diz-se, em bom português, que “quem está mal, muda-se”. Se, a esta altura, não consegue responder à questão ‘O que o faria mudar de banco?’, aconselhamo-lo a consultar as restantes vantagens da solução 15 em 1| Serviço Máximo.

Todos os problemas se resolvessem assim com apenas 2€ por mês.

Porquê contentar-se com o mínimo quando pode ter o máximo?

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)