Atualizado às 19.30 de domingo com nova imagem no Instagram.

A jornalista Judite Sousa publicou este domingo uma fotografia nas suas redes sociais elogiando e nomeando a mulher negra a quem tinha chamado “senhora cá de casa” numa primeira fotografia publicada (e logo depois apagada) este sábado. “A senhora que toma conta de mim há quase 20 anos. Que me ajudou a criar o meu saudoso filho. A minha mãe chama-se Isabel. A minha irmã chama-se Isabel e a Rosa é a minha Rosa”, lê-se, na descrição da imagem.

Judite Sousa foi criticada por se ter referido a uma mulher negra como “a senhora cá de casa” numa fotografia em que posava ao lado desta, ao lado da mãe e ao lado da irmã. A imagem foi publicada no sábado após o lançamento do livro “Político Esfaqueado ou É Morto ou É Eleito” e pouco depois apagada. Os internautas inundaram de comentários as outras fotografias no Instagram de Judite Sousa com frases como: “a senhora cá de casa foi limpar a piscina?” ou “escrava és tu da tua estupidez e ignorância”.

A fotografia, em que Judite Sousa aparecia junto a três mulheres, foi publicada com a descrição: “A minha família no lançamento do meu novo livro: mãe, irmã e a senhora cá de casa”. A mãe de Judite Sousa surgia à sua esquerda e a irmã à direita. A “senhora cá de casa”, uma mulher negra, posou ao lado da irmã da apresentadora da TVI.

Antes de ser apagada, um internauta fez uma captura de ecrã à publicação e criticou-a no Twitter. A seguir, o Instagram de Judite Sousa foi atacado por comentários depreciativos que a acusavam de racismo por ter apelidado essa mulher de “senhora cá de casa”. Uma das seguidoras de Judite Sousa, Aline Santos, comentou uma fotografia da apresentadora ao lado de Bruno Santos, diretor geral da TVI, com a mensagem: “depois do desdém que demonstrou em relação à ‘senhora cá de casa’, muito bem fazia ela não voltar a pôr os pés na sua casa. Que comentário mais deplorável”.

Noutra imagem, em que a jornalista posa ao lado de José Rodrigues dos Santos e Vítor Gonçalves, a internauta Ariana Santos publicou: “apagou a ‘senhora cá de casa?’ Racista, ignorante e mal amada! Uma típica jornalista sem escrúpulos!”.

Contactada pelo Observador, Judite Sousa disse não querer tecer comentários sobre a polémica.