Homens armados atacaram povoações e transportes coletivos na província de Cabo Delgado, Norte de Moçambique, durante a última semana e terão matado pelo menos duas pessoas, noticiaram esta quarta-feira meios de comunicação moçambicanos.

Entre quinta-feira e domingo, os agressores terão feito quatro ataques nos distritos de Macomia e Meluco, segundo as mesmas fontes.

O portal Carta de Moçambique acrescenta que o distrito de Ancuabe também foi alvo de violência, enquanto o jornal O País refere antes Quissanga, no extremo oposto.

Pelo menos duas pessoas terão morrido durante os ataques, de acordo com os relatos, segundo os quais a violência estará também a visar viaturas de transporte coletivo que circulam por Cabo Delgado.

Desde outubro de 2017, os ataques de grupos armados não identificados já provocaram, pelo menos, 150 mortos.