Os londrinos Chelsea e Arsenal disputam esta quarta-feira a final da Liga Europa de futebol, em Baku, naquela que é a terceira final europeia disputada por dois emblemas ingleses.

As duas equipas da capital britânica vão encontrar-se apenas pela segunda vez em competições europeias, depois de em 2004 o Chelsea eliminar o Arsenal nos quartos de final da ‘Champions’.

Os ‘gunners’ têm um aliciante extra, uma vez que podem garantir um lugar na Liga dos Campeões para a próxima época, algo que os ‘blues’ conseguiram ao terminarem em terceiro lugar a Liga inglesa.

A equipa de Unai Emery ostenta um único triunfo europeu, a extinta Taça das Taças, em 1993/94, mas o técnico espanhol já venceu três vezes a prova, de forma consecutiva, num ‘imparável’ Sevilha de 2014 a 2016.

Do outro lado estará o Chelsea, que ainda não perdeu na prova esta época, a primeira sob o comando do italiano Maurizio Sarri, com 11 vitórias e três empates, procurando vencer a prova pela primeira vez desde 2012/13, numa final ganha ao Benfica (2-1), a qual juntaram a uma Liga dos Campeões e duas Taças das Taças.

O Arsenal não poderá, entre outros, contar com o avançado arménio do Arsenal, que se autoexcluiu devido à tensão política existente entre o Azerbaijão e a Arménia, enquanto no Chelsea a grande dúvida é a presença de Kanté, que se lesionou.

O início do jogo está marcado para as 20h00 e será arbitrado pelo italiano Gianluca Rocchi.