Rádio Observador

Dicas Auto

Uma garrafa de água pode incendiar o seu carro

1.450

Com cada vez mais condutores a adoptar o (bom) hábito de consumir mais água, é necessário ter cuidado com o risco de incêndio que as garrafas de água encerram, avisam bombeiros.

Há cada vez mais condutores a fazer-se acompanhar da sua garrafa de água, que alojam no porta-copos para estar ali bem à mão quando a sede aperta ou decidem que é altura de se hidratar. Porém, avisam os bombeiros, é preciso ter cuidado ao deixar a garrafa de água de plástico (ou de vidro) no interior do veículo, se este estiver ao sol, pois o risco de incêndio é real.

Os bombeiros da cidade de Bainbridge, na Geórgia, em preparação do Verão que se aproxima, decidiram realizar uma chamada de atenção que surpreendeu meio mundo. Aconselham os soldados da paz que nunca se deixe a garrafa ao sol, especialmente se contém água, quando se abandona o veículo, nem que seja por uma hora. Este conselho, embora inicialmente destinado aos habitantes daquela cidade da Geórgia, serve que nem uma luva aos portugueses, pois também por cá a temperatura máxima durante o Verão, na maior partas das cidades, ronda os 40ºC.

Tal como os bombeiros explicam, o líquido dentro da garrafa, associado ao plástico transparente, age como uma lente de aumentar, concentrando a luz solar que incide sobre o recipiente num ponto específico muito pequeno. Numa experiência realizada na presença de vários condutores, expondo a garrafa com água a uma folha de papel, este chegou a ultrapassar em poucos segundos 120ºC, apesar de um dia parcialmente nublado, criando as condições ideais para que o plástico que reveste o carro, o tecido ou a pele dos bancos, ou até documentos deixados junto ao recipiente, comecem a arder.

Faça a experiência, para verificar por si próprio que um incêndio pode mesmo acontecer se a garrafa estiver ao sol, em certas condições. Veja aqui o que acontece, num vídeo da ABC:

Por outro lado, saiba que o bisfenol A, composto utilizado para produzir plásticos de policarbonato e resinas epoxy, como os usados nas garrafas de água, pode passar para a água se a temperatura do líquido aumentar consideravelmente. E, como se isso não bastasse, é garantido que beber um golo de água de uma garrafa exposta ao sol, está longe de figurar entre as melhores sensações do dia.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)