A falta de alojamento e as rendas altas são um entrave para muitos estudantes do ensino superior. Para solucionar o problema, o Ministério da Ciência e Ensino Superior está a considerar colocar estudantes a residir em antigos seminários da Igreja. E, segundo noticia esta quinta-feira o Jornal de Notícias, isso pode mesmo acontecer já no próximo ano letivo.

O Ministério quer que dioceses em todo o país arrendem camas a estudantes. Os valores, refere o mesmo jornal, podem passar por 130 euros (no interior) e ir até aos 250 euros nas grandes cidades. As dioceses aceitam a proposta — e querem aproveitar para renovar os edifícios e transformá-los em residências para estudantes.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior conta ao JN que as cidades de Portalegre, Águeda, Lisboa e Évora já terão camas disponíveis em setembro. João Sobrinho Teixeira não avança, no entanto, um número exato de camas que serão disponibilizadas com o plano.