A maioria de esquerda no parlamento aprovou esta sexta-feira um voto de condenação pela atuação do executivo liderado por Cavaco Silva no denominado “buzinão” da ponte 25 de Abril, há 25 anos, enquanto PSD e CDS-PP votaram contra.

Os deputados socialistas Ascenso Simões e Fernando Rocha Andrade votaram igualmente contra o texto apresentado pelo PCP, ao passo que todas as restantes bancadas, o deputado único do PAN, André Silva, e o deputado não inscrito, Paulo Trigo Pereira, votaram favoravelmente.

Aqueles protestos populares, em grande parte protagonizados por motoristas de camiões, aconteceram em 24 de junho de 1994, depois de anunciado o aumento em 50% do custo das portagens, tendo o executivo de então ordenado a intervenção e carga policial sobre a multidão.

“O resultado da violenta repressão dos manifestantes ordenada pelo Governo PSD foi avassalador, com o país em sobressalto, dezenas de detenções e feridos, entre os quais um jovem que viria a ficar paraplégico após ser atingido por uma bala”, lê-se no documento.