Rádio Observador

Celebridades

Polémica obriga “Paris Match” a explicar capa em que Sarkozy parece mais alto do que Bruni

546

A "Paris Match" publicou uma fotografia em que Sarkozy parece mais alto do que Carla Bruni. A polémica gerada obrigou a revista a prestar esclarecimentos: Sarkozy estava num degrau mais elevado.

Carla Bruni tem mais dez centímetros de altura do que o marido, Nicolas Sarkozy

Nicolas Sarkozy é o grande destaque da edição desta semana da revista Paris Match, que reproduz na capa uma fotografia do ex-presidente francês junto à mulher, a cantora Carla Bruni. O problema, e motivo da polémica entretanto gerada, é que Sarkozy parece mais alto do que Bruni, que tem mais dez centímetros do que o antigo governante.

A suposta adulteração da imagem original, levou a uma onda de indignação (e de piadas) nas redes sociais, onde surgiram várias montagens que mostram que Sarkozy estaria em cima de um banco ou que Bruni estaria sentada no chão. Uma utilizadora do Twitter acusou a publicação de usar “truques” fotográficos para que o antigo presidente parecesse mais alto do que realmente é. “Imaginem uma sociedade onde a masculinidade é tão débil e patética que o conceito de uma mulher mais alta precisa de ser escondido”, escreveu.

Frank McNally, jornalista do Irish Times, sugeriu que, talvez, Sarkozy tivesse entretanto encontrado “uma nova plataforma política”, enquanto um outro utilizador do Twitter partilhou uma fotografia dos alegados sapatos de plataforma do ex-presidente.

Os comentários gerados pela capa levaram a Paris Match a emitir um comunicado. “Algumas pessoas ficaram surpreendidas ao ver Nicolas Sarkozy mais alto do que a sua mulher, Carla Bruni”, começou por dizer a revista, explicando de seguida que a fotografia foi tirada em junho numas escadas que existem na casa do casal. “Na imagem escolhida para a capa, Nicolas Sarkozy estava num degrau mais alto do que a sua mulher.”

De acordo com a France-Presse, esta não é a primeira vez que a Paris Match, muito utilizada pelos políticos franceses como meio publicitário, tenta retratar Sarkozy, que mede pouco mais do que 1,60 m, como sendo mais alto que Bruni, com 1,75 m de altura. Em 2015, a revista publicou uma imagem semelhante do casal, numa praia na Córsega.

Nicolas Sarkozy foi presidente de França entre 2007 e 2012, ano em que perdeu as eleições para o socialista François Hollande. Retirou-se da política em 2016, depois de ser derrotado nas primárias do seu partido, Les Républicains, para a candidatura à presidência. Encontra-se atualmente envolvido num processo que teve origem em suspeitas de que tinha recebido dinheiro de Muammar Kadhafi para financiar a campanha eleitoral de 2007. Sarkozy será o primeiro ex-presidente francês a ser julgado por corrupção.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)