Rádio Observador

Acidentes e Desastres

GNR resgata cinco pessoas da mesma família no Parque Natural Peneda Gerês

Duas mulheres, dois jovens e uma criança da mesma família foram resgatadas na noite desta quarta-feira depois de se terem perdido no Parque Natural Peneda Gerês. O resgate durou cerca de quatro horas.

Foi acionado um helicóptero, que retirou quatro elementos do grupo.

Paulo Jorge Magalhães

Autor
  • Agência Lusa

Cinco pessoas da mesma família foram resgatadas na quarta-feira à noite na zona de Vila da Veiga, próximo da Cabana do Cando, no Gerês, depois de terem estado perdidas no Parque Natural, anunciou hoje a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Em comunicado, a GNR adianta que os militares de Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) resgataram duas mulheres de 53 e 45 anos, dois jovens de 18 e 21 anos e uma criança com 10 anos, na zona de Vilar da Veiga, próximo da Cabana do Cando.

O resgate ocorreu depois de o Comando Territorial de Braga, através do Posto Territorial do Gerês, ter recebido um alerta, às 18h de quarta-feira, para o 112 de que cinco pessoas estavam perdidas no Parque Natural Peneda Gerês, tendo sido ativada a equipa de GIPS.

A GNR adianta que os militares conseguiram estabelecer contacto com um dos elementos do grupo, o que possibilitou obter as coordenadas GPS e perceber a gravidade e complexidade do resgate.

“As vítimas estavam exaustas, sem água e duas delas impossibilitadas de andar, uma vez que a mulher de 45 anos, tinha recentemente sido sujeita a uma intervenção cirúrgica e o jovem, de 21 anos, apresentava ferimentos e hematomas nos joelhos, devido a duas quedas”, indica a GNR.

Os GIPS percorreram cerca de oito quilómetros por trilhos, a partir da Cascata do Arado, até localizarem as vítimas, às 19h30, numa zona de montanha e de vegetação densa.

“Os militares verificaram que as vítimas estavam desorientadas, bastante cansadas e desidratadas, sendo necessário proceder à sua estabilização, disponibilizando-lhes água, magnésio e mantas térmicas”, é referido na nota.

Devido à impossibilidade de duas das vítimas poderem caminhar pelos próprios meios, foi acionado um helicóptero, que retirou quatro elementos do grupo.

Um dos elementos do grupo acompanhou os militares do GIPS até à Cascata do Arado, onde se encontrava Instituto Nacional de Emergência Médica e elementos dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, distrito de Braga.

A GNR indica ainda que a operação de resgate terminou cerca das 22h de quarta-feira.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)