A tenista norte-americana Serena Williams, heptacampeã de Wimbledon, qualificou-se nesta quinta-feira pela 11.ª vez para a final do torneio londrino de relva, terceiro ‘Grand Slam’ de 2019, ao vencer a checa Barbora Strycova por 6-1 e 6-2 .

Serena Williams, 10.ª do ranking mundial, precisou de uma hora e um minuto para bater Strycova, 54.ª classificada da hierarquia da WTA, que se tinha apurado pela primeira vez para as meias-finais de um ‘major’, aos 33 anos.

A norte-americana, de 37 anos, campeã de Wimbledon em 2002, 2003, 2009, 2010, 2012, 2015 e 2016 e finalista vencida em 2004, 2008 e 2018, procura conquistar o 24.º título do ‘Grand Slam’ na final frente à romena Simona Halep, sétima do ranking mundial, que bateu nesta quinta-feira a ucraniana Elina Svitolina na outra meia-final.