França pretende criar uma equipa de quatro ou cinco escritores de ficção científica para lidar com possíveis ameaças no futuro, de acordo com a agência francesa para a inovação na Defesa.

O grupo, que será confidencial e terá o nome de Equipa Vermelha, vai criar cenários nunca antes pensados pelo exército. Em causa, por exemplo, possíveis usos de alta tecnologia contra França por organizações terroristas ou outros países.

A BBC lembra que França tem apostado na inovação militar, desenvolvendo nomeadamente experiências com robots para apoiarem as tropas francesas no Mali.

E no desfile do 14 de julho, o país apresentou uma arma futurista concebida para atacar drones, através de microondas que bloqueiam os sinais dos aparelhos.