Sem revelar quaisquer detalhes acerca da variante 100% eléctrica da F-150, a Ford recorreu a um protótipo exactamente com a configuração da actual pick-up, para demonstrar o poderio da nova mecânica exclusivamente a bateria, em matéria de força.

No vídeo de promoção, surge a engenheira responsável pelo desenvolvimento da futura F-150, Linda Zhang, aos comandos de um protótipo e tendo como objectivo arrastar uma fila de vários vagões de comboio, descarregados, ao longo de 305 metros (1.000 pés). O desafio, a ser cumprido mediante o acompanhamento de um grupo de fãs do modelo, supunha a capacidade de rebocar 454 toneladas.

8 fotos

Cumprido o objectivo, perante o olhar atónito dos fãs da F-150, Linda elevou a fasquia e sugeriu carregar os vagões com 42 exemplares da pick-up norte-americana, nas suas diferentes variantes. O número, tal como o vídeo, não foi obra do acaso, pois há precisamente 42 anos que esta é a pick-up mais vendida em terras do Tio Sam. Daí que o marketing procurasse capitalizar o feito com nova proeza. Conseguiria a variante puramente eléctrica da nova F-150 puxar mais de 550 toneladas? A resposta é sim, mas nada como ver para crer.