O canoísta campeão do mundo Fernando Pimenta, Teresa Portela em K1 200 e a dupla Marco Apura/Bruno Afonso em C2 1000 vão tentar esta sexta-feira o apuramento para a final dos mundiais, onde poderão lutar por vaga em Tóquio2020.

Pimenta e Portela precisam classificar-se nos cinco melhores da final para garantirem presença nos Jogos Olímpicos, mas, antes disso, há que assegurar um lugar na regata das medalhas, reservados aos três mais fortes de cada semifinal.

O húngaro Balint Kopasz, que, por margens muito reduzidas, lhe ‘roubou’ o ouro em K1 1000 e 5000 nos II Jogos Europeus, que decorreram em junho em Minsk, está na série de Fernando Pimenta, enquanto a neozelandesa Lisa Carrington, bicampeã olímpica e campeã do mundo, será rival de Teresa Portela.

Os jovens Bruno Afonso e Marco Apura têm missão mais complicada na série que inclui Brasil e Ucrânia, medalhas de prata e bronze nos Jogos do Rio2016, bem como Hungria e Cuba, quarto e sexto, respetivamente — a C2 1000 qualifica os oito barcos mais fortes para o Japão.

Especialista nos 200 metros, Hélder Silva vai competir pela primeira vez na última década — a nível internacional — em 1000 metros, a nova distância olímpica para as canoas.

Na paracanoagem, Norberto Mourão vai receber esta sexta-feira a medalha de prata conquistada quinta-feira em VL2 e que lhe vale um lugar nos Jogos Paralímpicos Tóquio2020.

Programa da seleção de Portugal para esta sexta-feira (horas de Lisboa):

  • Eliminatórias

09h40 C1 1000 Hélder Silva.

  • Semifinais

15h23 K1 200 Teresa Portela.

16h39 C2 1000 Marco Apura/Bruno Afonso.

17h14 K1 1000 Fernando Pimenta.