370 mil. Este é o número de carros que todos os dias entra em Lisboa. Afinal, são muitas as pessoas que se deslocam à capital, seja diariamente para trabalhar ou para tratar de assuntos mais pontuais, como consultas no médico. Estes condutores vêm dos mais variados pontos: a maioria parte da margem sul do Tejo (104 mil veículos), mas também há carros a entrar pela autoestrada do norte (A1) e pela A8 ou vindos da linha de Cascais (A5) e da linha de Sintra (IC19). Relativamente à quantidade de lugares de estacionamento o valor é 350 mil. Destes, mais de 75 mil correspondem a lugares de estacionamento pagos. Não admira, por isso, que seja comum ver carros a dar voltas e voltas ao quarteirão em busca de um lugar de estacionamento. Já todos passámos por isto, certo? E a sensação de encontrar o tão procurado lugar e depois aperceber-se de que está sem trocos para o bilhete também não lhe deve ser completamente desconhecida. Respire fundo: já não tem de ser assim.

Por que há cada vez mais estacionamento pago?

O facto de haver cada vez mais lugares de estacionamento pago tende a gerar alguma revolta junto dos condutores. Mas, fique a saber, esta medida traz várias vantagens associadas para todos nós (não só para quem tem carro): evita os estacionamentos em cima do passeio e incentiva as pessoas a deslocarem-se mais de transportes públicos (o planeta agradece… e muito) que, por sua vez, alivia o fluxo de trânsito. De um modo resumido, o grande ganho passa por uma melhor qualidade de vida quer para quem vive em Lisboa, como para quem passa só de “visita”.

Como estacionar sem perder tempo

Ainda assim, às vezes temos mesmo de nos deslocar de carro — é inevitável —, e acabamos por perder tempo e esgotar a nossa paciência à procura de um lugar de estacionamento. Finalmente, lá encontramos um e respiramos de alívio. Dirigimo-nos ao parquímetro para tirar o bilhete e, quando colocamos a mão ao bolso (ou à carteira), apercebemo-nos de que não temos moedas. A solução é simples: basta pegar no seu smartphone e descarregar a app da Via Verde Estacionar (disponível para iPhone e Android).

Quais são as vantagens da app Via Verde Estacionar?

Ao instalar a app da Via Verde pode fazer a gestão dos seus estacionamentos — pode ter várias viaturas associadas — e pagar através do seu smartphone, antes de mais, sem precisar de fazer pré-carregamentos, os custos do estacionamento são debitados na sua conta Via Verde. Esta funcionalidade tem várias mais-valias, entre elas o facto de não ter de se preocupar se tem trocos consigo e poder ir colocando gradualmente o dinheiro que precisa no bilhete, prolongando-o ou antecipando o seu final, conforme for necessário. Isto pode ser o fim dos gastos desnecessários: quantas vezes já deu por si a colocar 1€ no parquímetro quando, na verdade, 0,50€ seriam o suficiente? Além disso, se é daquelas pessoas que se esquece sempre onde deixou o carro, fique a saber que pode localizar o seu veículo e ver qual o caminho mais rápido para lá chegar. E, não se preocupe, para usufruir de todas estas vantagens, não precisa de ter um identificador Via Verde.

Como começar

Tal como em todas as aplicações, o primeiro passo é descarregar a Via Verde Estacionar na sua app store. De seguida, se já tem acesso à área reservada do site Via Verde, tudo o que tem de fazer é iniciar sessão na sua app com os mesmos códigos (username e password) utilizados no site. Se, por outro lado, apesar de ser cliente nunca se registou no site, não há problema: pode fazê-o na própria app. Com esses códigos, terá acesso a todos os serviços disponibilizados pela Via Verde — desde a app Via Verde ao site e não só.

Onde pode utilizar a app

Por agora, pode utilizar a app Via Verde Estacionar no estacionamento de superfície de 18 cidades além de Lisboa:

  • Amadora;
  • Almada;
  • Bragança;
  • Cascais;
  • Espinho;
  • Figueira da Foz;
  • Lagos;
  • Loulé;
  • Loures;
  • Maia;
  • Monte Gordo;
  • Oeiras;
  • Porto;
  • Sintra;
  • Tavira;
  • Vila Nova de Gaia;
  • Vila Real;
  • Vila Real de Santo António.

Contudo, prevê-se que no futuro venha a abranger mais localidades. E tome nota: até 12 de dezembro, o primeiro estacionamento que realizar em Lisboa é oferta da Via Verde.