Um homem caiu ao início da tarde deste sábado numa fossa de uma suinicultura, com 6 metros de profundidade, na Herdade da Galega, na freguesia da Carregueira, concelho da Chamusca, disse ao Observador fonte dos bombeiros locais. Ao tentarem resgatá-lo, outros três homens acabaram por precipitar-se também para o interior da fossa. Um deles, um rapaz, de 20 anos, filho mais novo do empresário proprietário da herdade, foi retirado com vida, mas em estado considerado grave, e transportado para o hospital de Santarém. Os outros, confirmou perto das 21h15 o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém ao Observador, foram entretanto dados como mortos.

Rui Cordeiro tinha 50 anos e era proprietário de várias empresas na zona de Leiria

Para o local foram deslocadas duas máquinas para bombear e retirar os dejetos dos animais, sob os quais estavam submersas as três vítimas, tinha dito ao início da noite fonte dos bombeiros da Chamusca, quase cinco horas depois de ter sido dado o alerta, às 15h33. De acordo com a mesma fonte, já nessa altura não era expectável que algum dos homens pudesse vir a ser encontrado com vida.

De acordo com a CMTV e com o Jornal de Notícias, terá sido o encarregado da herdade, de 34 anos, o primeiro a cair à fossa, tendo sido socorrido pelo dono da propriedade, Rui Duarte Cordeiro, 50 anos, pelo seu filho mais velho, Gonçalo, 30 anos, também empresário, a viver no Brasil e de férias em Portugal, e pelo seu filho mais novo, o rapaz que entretanto foi resgatado com uma corda e socorrido com vida.

Ao Observador, fonte dos bombeiros locais explicou ainda que uma quinta pessoa, uma mulher, de cerca de 25 anos e presumivelmente familiar das vítimas, foi assistida pelo INEM no local, nomeadamente pela equipa de psicólogos, depois de se ter sentido mal, não necessitando de ser encaminhada para o hospital.

A Herdade da Galega fica na freguesia da Carregueira, na Chamusca (Lifecooler)

Os bombeiros da Chamusca, Entroncamento, Constância, Golegã e Municipais de Alpiarça, bem como a GNR, estiveram no local, para onde foi acionada igualmente uma unidade de psicólogos.

Os trabalhos de resgate dos três homens envolveram 26 operacionais e 10 viaturas.

A Herdade da Galega estende-se ao longo de mil hectares e, para além de alojamento rural com piscina de água salgada e exploração pecuária, nomeadamente uma suinicultura, oferece também atividades de observação de fauna e flora e funciona como reserva de caça, com veados e javalis.

Segundo o Região de Leiria, o empresário Rui Cordeiro era, além de proprietário da Herdade da Galega, dono das empresas Captágua, Tubofuro e do Lisotel, um hotel temático em Regueira de Pontes, perto de Leiria.

Natural da freguesia leiriense de Amor, Rui Cordeiro era conhecido na zona, não apenas pelos negócios mas também pelo envolvimento com a comunidade, tendo em 2017, após os incêndios que em outubro assolaram Vieira de Leiria, cedido um armazém para centralizar a logística da ajuda às populações afetadas.

Pelas 22h00, de acordo com a TVI24, os corpos ainda estavam no local, à espera da Polícia Judiciária, que deverá investigar as causas do acidente.