O treinador Augusto Inácio já não é treinador do Avaí. O clube brasileiro comunicou a decisão através da sua conta oficial de Twitter, decisão que surge menos de dois meses depois do ter contratado o técnico português.

O despedimento surge depois de o clube que veste de azul e branco ter sido eliminado na 1.ª ronda da Taça do Brasil por uma equipa da 4º divisão. No total, Inácio realizou 7 jogos, tendo ganho apenas duas vezes, empatado uma e perdido três.

Apesar da curta passagem pelo comando técnico do Avaí, Inácio viu-se envolvido em alguns momentos caricatos. Na sua apresentação, por exemplo, fez várias “brincadeiras”. Uma delas surgiu quando lhe passaram uma camisola do clube com o seu nome, num tradicional momento simbólico para as câmaras. Quando a recebeu das mãos do presidente do clube perguntou: “Esta camisa é para mim? Ou vou ter de pagar?”

Ainda durante a apresentação recordou o Sporting: “O leão é o mesmo símbolo do meu clube do coração que é o Sporting. Por isso, estão conjugados uma séries de fatores. Vou lutar por este leão porque o leão é um animal que nunca cai e o Avaí vai-se levantar”.

No inicio de janeiro também se viu envolvido numa nova nova polémica quando a sua equipa venceu o eterno rival Figueirense. Nesse jogo da sua segunda (e última) vitória no Brasil houve uma invasão de campo e um adepto do Avaí chegou mesmo a correr em direção ao banco do clube para tentar agredir atletas.