Benfica decidiu contribuir, numa iniciativa conjunta com a Câmara Municipal de Lisboa e a Universidade de Lisboa, com a doação de um milhão de euros para aquisição de equipamento médicos, entre ventiladores, máscaras e outro material de proteção que serão depois oferecidos ao Serviço Nacional de Saúde.

“O Grupo Sport Lisboa e Benfica espera que esta e outras iniciativas da sociedade civil possam ajudar a combater esta terrível calamidade pública e expressa uma forte e sentida palavra de solidariedade a todos os portugueses e um profundo agradecimento a todos os incansáveis profissionais da saúde ou os que diariamente nos asseguram os bens básicos e a segurança”, acrescentou numa nota publicada no site oficial.

“O nosso clube é um clube popular, do povo. Sempre foi. E muito solidário. Entendemos que nesta altura esta iniciativa era a melhor ajuda que podemos dar, numa ação conjunta com a Câmara Municipal de Lisboa e com a Universidade de Lisboa. O exemplo e a coragem que estão a dar é a melhor esperança que podemos ter”, referiu Luís Filipe Vieira, ao telefone, à BTV. “O mais importante é a vida. Todos juntos iremos vencer”, rematou.

“É uma atitude que nos sensibiliza, um gesto importante para a comunidade e para o país numa altura em que vivemos um momento de grande dificuldade e um grande desafio. É um sinal forte para superarmos de forma mais rápida e de forma coletiva esta crise. Vão ajudar a salvar vidas e ajudar a comunidade para passarmos melhor este período. É também um grande sinal para todas as pessoas, para a comunidade e para as empresas que possam ajudar para vencermos esta crise”, comentou também Fernando Medina, presidente da Câmara da Lisboa.

“Estamos a fazer um grande trabalho na cidade, em primeiro lugar para apoiar o Serviço Nacional de Saúde para funcionar da melhor forma e porque estão na linha da frente, mas depois com mais de 5.000 pessoas nos terrenos para assegurar que a cidade funciona, o que é importante nesta altura. Eles são os heróis da cidade. Já lançámos uma rede de fornecimento de alimentação para quem não tem autonomia, neste caso para os mais idosos, e também para os que têm mais necessidades”, acrescentou o líder da autarquia.

“Queria fazer um agradecimento muito grande ao Benfica pela contribuição tão significativa para que o Sistema Nacional de Saúde possa combater esta calamidade. Vai aliviar a pressão nos cuidados intensivos, pelos alertas que nos foram fazendo chegar. Acabei de ter a confirmação por parte do diretor da Faculdade de Medicina que já podemos encomendar 40 ventiladores com esta ajuda, que será importante para melhorarmos as condições no momento em que a epidemia atinja um momento mais grave”, destacou por fim, também ao canal do clube, António Cruz Serra, reitor da Universidade de Lisboa.