A cerimónia da Bênção das Pastas no Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), que decorre em junho, foi adiada para o mês de setembro devido à pandemia da Covid-19, foi esta terça-feira anunciado.

“A data definitiva do evento será anunciada previsivelmente no final do mês de agosto, após confirmação da existência das condições de segurança necessárias para a realização do mesmo e obtida a concordância das autoridades de saúde, do presidente do IPCB e do Departamento de Tradições Académicas do IPCB”, explica, em comunicado, o Politécnico de Castelo Branco.

A decisão foi tomada na sexta-feira, após reunião do Departamento de Tradições Académicas do IPCB, onde estiveram presentes os representantes dos estudantes nesta área.

Citados no comunicado, os representantes das Tradições Académicas do IPCB referem que esta “é uma decisão difícil, que não agradará a todos e que em muitos causará um sentimento de exclusão e tristeza”.

Adiantam ainda que há “consciência que não estão para já reunidas as condições de segurança para a realização da mesma”.

E não podemos adiar mais esta decisão, por toda a logística que o evento envolve, quer a nível de organização, quer a nível de participação dos colegas estudantes e suas famílias”.

A decisão surge no seguimento da situação epidemiológica da Covid-19 vivida em Portugal e as decorrentes limitações à realização de eventos, nomeadamente a necessidade de manter o afastamento social.

Em Portugal, os mais recentes dados oficiais indicam que morreram 1.144 pessoas das 27.679 confirmadas como infetadas pela Covid-19 e há 2.549 casos recuperados.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 283 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em todo o mundo. Quase 1,4 milhões de doentes foram considerados curados pelas autoridades de saúde.