Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Depois de uma passagem pela China, onde jogou no Shandong Luneng, Pedro Delgado chegou ao Desp. Aves no início de 2020 mas nunca conseguiu ter o tempo ou a destreza para se fixar nas opções iniciais da equipa. O que, em condições normais, seria alvo natural: formado no Sporting após passagem pelo Portimonense, decidiu muito cedo rumar a Itália perante uma tentadora proposta do Inter, nunca teve uma oportunidade no conjunto principal, esteve depois dois anos na equipa B dos leões e rumou à Ásia. Com apenas 23 anos, tem ainda uma carreira pela frente mas esse é o seu problema – com tanto talento e um pé esquerdo que joga de olhos fechados, tendo ainda a experiência das seleções jovens, nunca deu o salto. E ainda hoje espera essa tal oportunidade.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.