Mais de 70% dos portugueses consideram “muito importante” a realização da fase final da Liga dos Campeões europeus de futebol em Portugal e 11,1% acham que é apenas “importante”, segundo um estudo da Eurosondagem divulgado este sábado.

A sondagem para o jornal Sol e o Porto Canal mostra que 72% dos inquiridos acham “muito importante” que Portugal receba a fase final da “Champions”, 11,1% dizem ser “importante” e 6,8% “nada importante”, havendo 10,1% que não sabe ou quer responder.

Quanto à nomeação do ex-ministro de Estado e das Finanças Mário Centeno para o cargo de governador do Banco de Portugal, 55,5% concorda, 25,2% discorda e 19,3% tem dúvidas, não sabe ou não quer responder.

Já a injeção de capital no Novo Banco no contexto da pandemia da Covid-19 é rejeitada pela esmagadora maioria dos entrevistados (84%), só recolhendo o apoio de 3,3%, contra 12,7% que não sabe/quer responder ou tem dúvidas.

Relativamente às intenções de voto, o estudo da Eurosondagem coloca o PS na frente, com 38,4%, seguido do PSD (29,3%), BE (8,4%), CDU (6,0%), Chega (4,4%), PAN (2,8%), CDS-PP (2,2%) e Iniciativa Liberal (1,1%). No estudo, 7,4% dos inquiridos manifestaram a intenção de votar no Livre, Branco ou Nulo.

O estudo da Eurosondagem para o Sol e o Porto Canal foi realizado entre os dias 29 de junho e 02 de julho através de 1.025 entrevistas telefónicas validadas e tem um erro máximo de 3,06%, para um grau de probabilidade de 95,0%.