Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

“Vamos ver o que o mercado dita e o contexto do clube. Estes jogadores deram boas respostas. Temos um caminho claro e não vamos mudar por nada”, comentou Rúben Amorim a propósito da necessidade de reforçar um plantel que terminou com muita juventude na equipa e que precisa de outros valores mais seguros que possam também fazer crescer as apostas mais novas do clube. E o tempo não é muito, tendo em conta que a época acabou a 25 de julho, o plantel vai regressar a 17 de agosto aos trabalhos, o primeiro jogo oficial confirmado será a 24 de setembro na terceira pré-eliminatória da Liga Europa e antes haverá seleções e provavelmente o Campeonato.

A diferença no dérbi foi curta, a distância entre os rivais é demasiado grande (a crónica do Benfica-Sporting)

Nesse sentido, o Observador confirmou que o Sporting tem já dois reforços praticamente confirmados a 100% para a próxima temporada, ambos a chegar da Liga espanhola: Pedro Porro, defesa espanhol de 20 anos que pertence ao Manchester City depois de ter feito o final da formação e os primeiros anos nos seniores no Girona e que esteve cedido ao Valladolid na presente época, vai chegar a Alvalade num acordo de empréstimo a dois anos; e Zouhair Feddal, defesa marroquino de 31 anos que esteve nas últimas três temporadas no Betis após passagem por Itália e que será contratado por menos de três milhões de euros, como era intenção da SAD leonina.

No entanto, é em Andraz Sporar que recaem grandes expetativas para a próxima temporada, avançado contratado em janeiro ao Slovan Bratislava por seis milhões de euros mas que tem outro tanto em cláusulas por objetivos, com mais ou menos possibilidades de serem atingidas. E a exibição na Luz confirmou essa ideia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O esloveno de 26 anos, que vinha do clube anterior com 20 golos em 26 jogos oficiais realizados entre as provas nacionais e a Liga Europa, terminou a segunda metade da época com sete golos em 18 jogos em Alvalade (seis no Campeonato, um na Liga Europa), estreou-se a marcar num dérbi e ainda fez uma assistência para uma das melhores oportunidades do Sporting frente ao Benfica de Nuno Mendes, terminando como o melhor jogador do conjunto verde e branco na Luz em termos estatísticos numa equipa que voltou a estar órfã de referências.

“Penso que no final não merecíamos perder mas isto é futebol. Agora temos as férias, temos de voltar mais fortes e melhorar na próxima época”, comentou no final do encontro o avançado esloveno, em declarações na zona de entrevistas rápidas da BTV. “Marquei um golo, desse ponto de vista tudo bem, mas perdemos e não é a melhor sensação marcar num dérbi por isso mesmo”, acrescentou depois Andraz Sporar.