A dívida pública fixou-se em 259,8 mil milhões de euros em junho, menos 4,6 mil milhões de euros do que em maio e mais 8.317 milhões de euros face a junho de 2019, segundo o Banco de Portugal.

De acordo com os dados divulgados esta segunda-feira pelo Banco de Portugal (BdP), para a redução da dívida pública, na ótica de Maastricht (a que conta para Bruxelas), face a maio “contribuíram essencialmente as amortizações de títulos (de dívida pública) no valor de 4,4 mil milhões de euros”.

Já os ativos em depósitos das administrações públicas desceram 8,2 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos aumentou 3,6 mil milhões de euros em junho, em relação ao mês anterior, para 242,8 mil milhões de euros.

Comparando com o mesmo mês de 2019, a dívida pública aumentou 8.317 milhões de euros.