O presidente do CDS-PP manifestou esta quinta-feira “profunda gratidão” aos “heróis” da pandemia, nomeadamente profissionais da saúde, forças armadas e de segurança e à Proteção Civil, na sua mensagem de Boas Festas, enviada aos órgãos da comunicação social.

“Termino com um tributo de profunda gratidão aos nossos heróis nesta pandemia: aos profissionais de saúde, às forças armadas e de segurança e à Proteção Civil, que trabalham e dão o melhor de si, todos os dias, para que cada momento da nossa vida possa ser desfrutado em segurança”, lê-se no texto do presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos.

O líder democrata-cristão revela “particular emoção” nesta quadra por se tratar de um ano “diferente”, em virtude da Covid-19, que provocou, “em muitos casos” separações familiares.

“Quero deixar uma sentida palavra de esperança e de conforto para quem terá um Natal mais difícil: aos que lutam contra a doença, aos que querem trabalhar e não podem, aos que perderam o seu emprego, aos jovens que não encontram oportunidades, aos idosos isolados e aos mais pobres”, continua Rodrigues dos Santos, ao desejar “Santo Natal” aos portugueses.

O líder partidário centrista prometeu que “o CDS, partido da democracia cristã, se empenhará com ânimo, no futuro próximo, no sentido de apresentar soluções” que ajudem à recuperação social dos afetados pela atual crise.