A Madeira regista hoje 99 casos positivos de covid-19, o número mais elevado desde o início da pandemia, contabilizando 799 situações ativas e 45 pessoas internadas no hospital do Funchal, informou a Direção Regional de Saúde.

“Hoje há 99 novos casos positivos a reportar, pelo que a Região Autónoma da Madeira passa a contabilizar 2.000 casos confirmados de covid-19 no território regional”, refere a autoridade regional de saúde no boletim epidemiológico hoje divulgado.

No mesmo documento, anuncia que entre estas novas situações estão seis casos importados (2 provenientes do Reino Unido, 1 da Alemanha, 1 do Brasil, 1 da Região de Lisboa e Vale do Tejo e 1 da Região Norte de Portugal) e 93 casos de transmissão local, na sua maioria já associados a contactos ou contextos de casos positivos.

A DRS salienta que a região tem hoje “799 casos ativos, dos quais 168 são casos importados e 631 são casos de transmissão local”.

Estas pessoas encontram-se em isolamento, cumprindo 35 a quarentena numa unidade hoteleira, 719 estão em alojamento próprio.

No hospital dr. Nélio Mendonça estão internadas 45 pessoas, sendo 40 na Unidade Polivalente e cinco na Unidade de Cuidados Intensivos dedicada à covid-19, complementa.

Além destes casos, as autoridades de saúde da região estão a estudar 170 novas situações, “todas relacionadas com contactos com casos positivos, situações reportadas à linha SRS24 ou pelo Serviço Regional de Saúde da Madeira (SESARAM)”, decorrendo as respetivas investigações epidemiológicas.

Nas últimas 24 horas a linha SRS24 recebeu mais 226 chamadas, totalizando 25.800 contactos desde o início do seu funcionamento, indica.

Outro aspeto constante do boletim é a situação de vigilância ativa de contactos de casos positivos em que estão presentemente 2.198 pessoas, “acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da Madeira e no Porto Santo”.

Em matéria de vigilância de viajantes, “19.457 pessoas estão também a ser acompanhadas pelas autoridades, com recurso à aplicação MadeiraSafe”.

No que diz respeito à realização de testes de PCR para despiste de covid-19, a autoridade regional assinala que na operação de rastreio a viajantes montada nos portos e aeroportos da Madeira e do Porto Santo, “há a reportar um total cumulativo de 144.076 colheitas realizadas até às 18:00 de hoje”.

No laboratório do SESARAM foram processadas 236.141 amostras.

“Até ao dia 03 de janeiro de 2021, foram contabilizadas na RAM 3.460 notificações de casos suspeitos de covid-19 dos quais 1460 não se confirmaram”, menciona.

Ainda indica que a Madeira regista um total de 14 óbitos associados à covid-19 e assinala que hoje “há mais 34 casos recuperados a reportar”, somando a região 1.187 doentes curados.