Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A empreendedora e investidora Cristina Fonseca é a primeira mulher portuguesa a integrar a nova lista de Young Global Leaders, do Fórum Económico Mundial. A sócia da sociedade de capital de risco Indico Capital Partners foi uma das personalidades globais, com menos de quarenta anos, selecionada pela organização não governamental com sede na Suíça.

“É uma grande honra ser reconhecida por uma organização de prestígio como o Fórum Económico Mundial. Estou totalmente alinhada com o compromisso do Fórum de Melhorar o Estado do Mundo, e é uma excelente oportunidade fazer parte deste grupo diversificado de líderes inspiradores. Espero acelerar o impacto do meu trabalho na comunidade e promover um futuro mais inclusivo, ético e sustentável”, afirmou em comunicado.

Em 2021, o Fórum Económico Mundial voltou a identificar os líderes mais promissores do mundo sub-40, ou seja, pessoas que impulsionam a inovação para uma mudança positiva na sociedade civil, artes, cultura, governo ou negócios. O objetivo é acelerar o impacto destes líderes nas respetivas organizações e no mundo.

Cristina Fonseca cofundou o unicórnio (empresa avaliada em mais de mil milhões de dólares) Talkdesk em 2011; é sócia da Indico Capital Partners, o primeiro fundo institucional privado de capital de risco dedicado a jovens empresas tecnológicas em Portugal, com 66 milhões de euros sob gestão; administradora não-executiva e membro da Comissão de Sustentabilidade da Galp desde 2019 e cofundadora da Cleverly.ai, uma startup que automatiza o atendimento ao cliente através de inteligência artificial.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Além de Cristina Fonseca, fazem parte do grupo de Young Global Leaders os portugueses Stephan Morais, sócio de Cristina Fonseca na Indico Capital Partners, António Simões e Rodrigo Tavares.

Todos os anos, o Fórum Económico Mundial selecciona cerca de 100 Young Global Leaders. Anteriores personalidades nomeadas incluem Emmanuel Macron, Jacinda Arden, Leonardo diCaprio, Jack Ma e Mark Zuckerberg, entre outros líderes políticos, sociais e empresariais globais.