O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou que quem votar em Lula da Silva, o ex-presidente e possível adversário nas próximas eleições de 2022, “merece sofrer”, segundo noticiou o Globo.

Depois de o Supremo Tribunal Federal ter confirmado a anulação das condenações do ex-presidente no âmbito do processo Lava Jato, o que permite a Lula da Silva voltar a candidatar-se à presidência do Brasil, o atual chefe de Estado esteve à conversa com apoiantes no Palácio da Alvorada, comentou o julgamento e criticou Lula da Silva.

Brasil. Supremo Tribunal Federal confirma anulação das sentenças contra Lula da Silva

“Foi 8 a 3 o placar lá”, atirou o presidente do Brasil, referindo-se ao número de jurados que votou a favor e contra a anulação das condenações de Lula da Silva. “Agora, pelo amor de Deus, o povo que por ventura vote em um cara desses, é um povo que merece sofrer”, atirou.

O presidente do Brasil afirmou ainda que espera avançar até ao fim do mês com o novo partido nomeado “Aliança pelo Brasil”, que tem vindo a ser promovido desde o ano passado, mas que ainda não viu a luz do dia. “Já estou atrasado, já, não tenho outro partido, espero que esse mês eu resolva. Abril está bom. O duro foi quando eu me candidatei que eu acertei fevereiro, março, em cima da hora”, referiu Bolsonaro.