Bill Gates, um dos homens mais ricos do mundo e fundador da Microsoft, anunciou no Twitter que se vai divorciar da mulher, Melinda Gates. Numa nota conjunta — Melinda Gates também partilhou o comunicado na sua conta na mesma rede social –, anunciaram o fim de uma união que “durou 27 anos”. “Não acreditamos que possamos continuar a crescer como um casal nesta fase das nossas vidas“, lê-se na nota assinada pelos dois.

[A nota que Melinda e Bill Gates partilharam no Twitter]

Depois de pensarmos bastante e de trabalharmos muito a nossa relação, decidimos terminar o nosso casamento. Nos últimos 27 anos, criámos três filhos fantásticos e construímos uma fundação que trabalha em todo o mundo para permitir que todas as pessoas possam ter vidas saudáveis e produtivas. Continuamos a partilhar uma crença nessa missão e vamos continuar a trabalhar juntos nessa fundação, mas não acreditamos que possamos continuar a crescer como um casal nesta fase das nossas vidas. Pedimos espaço e privacidade para a nossa família enquanto começamos a navegar esta nova vida”, escrevem Melinda e Bill Gates.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Bill e Melinda, que estão à frente da fundação de filantropia “Bill and Melinda Gates Foundation”, dizem que vão continuar a trabalhar juntos na organização. Como conta a Forbes, esta é a maior fundação privada de caridade a nível global, com investimentos sobretudo na área da educação e da saúde global. Em 2010, juntamente com o magnata Warren Buffet, o casal criou o projeto Giving Pledge, uma iniciativa para convencer as pessoas mais ricas do mundo a doar metade da sua fortuna para causas sociais.

Melinda Gates, que tem 56 anos, conheceu Bill Gates, que tem 65, quando trabalhou na Microsoft. O casal começou a namorar em 1987, quatro meses depois de Melinda começar a trabalhar na empresa tecnológica. Em 1994, casaram-se. Ao todo, têm três filhos.

Desde o casamento nos anos de 1990, que o casal tem feito inúmeras aparições em conjunto, tendo mostrado nos últimos anos uma frente cada vez mais unida — Bill e Melinda passaram a assinar as cartas anuais da fundação em conjuntos nos últimos cinco anos. No entanto, como conta o The New York Times, o casal tem enfrentado algumas dificuldades na relação. Em março de 2020, Bill Gates abandonou o último cargo que tinha na Microsoft, no conselho de administração, para poder passar mais tempo com a sua família, refere o jornal.

Nos últimos meses, tanto Melinda como Bill Gates têm sido duas das principais caras na luta contra a pandemia da Covid-19, principalmente com doações e projeto encabeçados pela fundação. Numa carta conjunta publicada no final de janeiro deste ano, o antigo casal afirmava que tinha investido 1,75 mil milhões de dólares (cerca de 1,45 mil milhões de euros) para esta causa.

Na nota divulgada, o casal pede “espaço e privacidade” enquanto começam a “navegar esta nova vida”. De acordo com a Forbes, Bill Gates é, atualmente, a quarta pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna avaliada em 130,5 mil milhões de dólares (cerca de 107 mil milhões de euros). Não se sabe ainda que implicações financeiras terá a separação. Segundo uma notícia do The New York Times em 1997, o casal terá feito um acordo, apesar de não haver nenhuma confirmação. Quando casaram nos anos de 1990, Bill Gates, que é responsável pelo sistema operativo mais utilizado, o Windows, já era considerado o homem mais rico do mundo.

Como conta o mesmo jornal, Melinda e Bill Gates são os maiores proprietários de terras agrícolas na América. Adicionalmente, são também dos principais investidores e donos, entre outras empresas, da cadeia de hotéis The Four Seasons, da empresa de ferrovia Canadian National Railway e da AutoNation, um dos maiores concessionários de carros dos EUA.

Esta não é a primeira vez que um casal multimilionário utiliza o Twitter para anunciar um divórcio. Em janeiro de 2019, Jeff Bezos, o fundador da Amazon que, segundo a Forbes, é o homem mais rico do mundo, anunciou na mesma rede social que se ia divorciar da mulher. Em abril do mesmo ano, quando já tinha sido revelado que o fim desse casamento foi motivado devido a uma relação extra-conjugal de Jeff Bezos, a ex-mulher do multimilionário anunciou através do Twitter os termos do acordo do divórcio.