Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Carlos Moedas acusou Fernando Medida de “incapacidade, irresponsabilidade e incompetência” devido aos acontecimentos durante os festejos do Sporting, ao referir que esta era uma “vitória esperada” e que, por isso, “não faltou tempo para que se garantissem todas as regras de segurança física e sanitária”.

O candidato da coligação de direita à Câmara Municipal de Lisboa recordou as palavras do adversário quando garantiu que as entidades responsáveis trabalharam para que a festa ocorresse “em condições de segurança física, mas também de segurança sanitária”, mas aos olhos do social-democrata “o que se verificou foi precisamente o contrário”. “Fernando Medina falhou!”, atira Moedas.

“Ao contrário do compromisso e das afirmações de Fernando Medina o que se verificou foi uma total falha de segurança e de organização. Fernando Medina não soube dividir atempadamente e com variedade os espaços de festejo do Sporting”, realçou o candidato a Lisboa em comunicado, ao dizer que o presidente da câmara “é responsável” pelo que aconteceu e que “deve muitas explicações aos lisboetas”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR