Olá

Olá, aqui vão erros.

831kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Fernando Medina

Noticiário

9h. Sérgio Dias Janeiro é novo Presidente do INEM

Ministério da Saúde nomeou Sérgio Dias Janeiro como novo Presidente do INEM. Ainda este jornal, Confederação Nacional das Associações de Pais desvaloriza os rankings das escolas.
Noticiário

8h. Medica acusa Lucília Gago de erros no MP

Em reação à entrevista PGR, ex-ministro das Finanças acusa Lucília Gago de inventar uma campanha para denegrir a imagem do Ministério Público. Ainda este jornal, Governo defende rankings escolares.
Direto ao Assunto

"PS quer gastar dinheiro em prioridades erradas"

O 'vice' da bancada social democrata acusa o Governo anterior de ter imposto a antecipação de dividendos "à força" e critica as prioridades do PS no arranque desta legislatura. 
Noticiário

10h. PS desvaloriza operações para reduzir dívida 

Em reação ao caso da transferência de 100 milhões de euros da Águas de Portugal para o Estado a pedido de Fernando Medina, PS desvaloriza. Já o CDS alerta para uma "redução artificial".
Explicador

Governo de Costa forçou a entrega de dividendos?

Paulo Núncio explica que a redução da dívida foi "artificial" e com interferência política. Mendonça Mendes considera as operações normais e diz que o valor das operações não tem impacto na dívida.
Noticiário

9h. Tolerância Zero. MAI não permite xenofobia 

Em entrevista Observador, Margarida Blasco destaca acordo alcançado com os polícias. Ainda, António Costa terá estado envolvido no caso da transferência da Águas de Portugal para o Estado.
E o vencedor é...

O trabalho de Cavaco Silva nunca acaba

Os sindicatos assinaram e quem perdeu foi Ventura que ainda acha que a nova MAI não é capaz. Cavaco saiu de cena, mas o trabalho não acaba. E Costa fez um número político para as contas baterem certo?
Noticiário

8h. Governo não se demite em caso do chumbo do OE

Governo não se demite em caso de chumbo do Orçamento do Estado e acredita que o PS vai ceder. E ainda, António Costa terá estado envolvido no caso da transferência da Águas de Portugal para o Estado.
Noticiário

7h. Costa envolvido na transferência da Águas

Foi uma transferência de 100 milhões da Águas de Portugal para o Estado, para ajudar Fernando Medina a descer a dívida pública. Houve telefonemas e trocas de e-mails para desbloquear o processo.
Noticiário

21h. Antigo PGR defende ministra da Justiça

José Cunha Rodrigues diz que as declarações de Rita Júdice devem ser entendidas como uma hipérbole. Ainda, Fernando Medina concorda com várias das considerações da ministra da Justiça.
Semáforo Político

Isto é tudo muito bonito. De onde vem o dinheiro?

Governo tem posto o pé no acelerador e Mário Centeno alertou para o risco de novo défice. Promessas foram feitas, mas atenção à almofada de Medina - é bom que as contas certas tenham vindo para ficar.
Fact Check

Moedas mudou de posição sobre Alcochete?

Num debate nas autárquicas de 2021, o atual presidente da CML tinha falado na localização do novo aeroporto de Lisboa e essa notícia está a ser usada para apontar incoerências. Mas falta contexto.
Fernando Medina

"Perfeitamente normal" pedir dinheiro a empresas

Medina assume que dívida abaixo de 100% foi "objetivo político" mas recusa ter "pressionado" gestores das empresas públicas. Faz críticas impiedosas à UTAO e até assume divergência com Pedro Nuno.
Reportagem Observador

Medina. "Erros, ignorância e Sherlock Holmes"

Fernando Medina responde às acusações de reduzir artificialmente a dívida. Atirou à "profunda ignorância" da UTAO e aos deputados que não são nenhuns "Sherlock Holmes". Espera as boas notícias do PIB.
Noticiário

6h. Anthony Blinken faz viagem surpresa à Ucrânia

O secretário de Estado dos Estados Unidos chegou esta madrugada a Kiev, de comboio, para reafirmar o apoio à Ucrânia. E ainda, o ex-ministro das Finanças é ouvido hoje no Parlamento.
O Bom, o Mau e o Vilão

Marcelo não devia receber os inimigos da PGR

Rui Tavares (que travou dramas no Livre), Fernando Medina (que foi criativo a baixar a dívida) e o Presidente da República (que vai receber o grupo dos 50) são o Bom, o Mau e o Vilão.
Noticiário

15h Finanças. Estratégia mostra falência do modelo

O antigo secretário de estado dos Assuntos Fiscais destaca que a estratégia para melhorar os resultados da dívida pública é uma "demonstração inequívoca da falência do modelo de finanças públicas".
Noticiário

13h. Livre. Listas pedem mais democracia interna

As listas que concorrem à liderança do partido pedem uma direção executiva mais aberta ao exterior. Ainda, Carlos Lobo comenta estratégia de Medina para fazer face à dívida pública.
Noticiário

11h. Medina usou empresas para diminuir a dívida

O ex-ministro das finanças usou três empresas públicas para melhorar os resultados da dívida pública, em 2023. Ainda neste jornal, a Ucrânia deteve agentes russos que preparavam um ataque em Kiev.
Noticiário

9h. Casa da Moeda e NAV ajudaram a baixar a dívida

Medina terá feito um esforço adicional no final ano passado para abater a dívida pública, contactando a Águas de Portugal, a Casa da Moeda e a NAV Portugal. Rui Rio acredita que a PGR deve demitir-se.
Noticiário

8h. Medina não foi convidado para as europeias

Sobre a justiça, o ex-ministro acredita que Lucília Gago deve ir à AR. E a estreia de António Costa no Correio da Manhã, do auto-elogio aos desafios europeus. Noite negra para o futsal português.
Fernando Medina

Medina fora das Europeias: "Não fui convidado"

Em entrevista à SIC, o ex-ministro das Finanças diz não ter sido convidado para a lista do PS às Europeias e defende que a PGR "só ganha em prestar o máximo de esclarecimentos".
Noticiário

00h. Medina. "PGR só ganha com esclarecimentos"

Ex-ministro das Finanças defendeu que a “PGR só ganha ao prestar esclarecimentos” e que a comunicação deveria ser um requisito “prévio” do exercício de funções desta natureza.
Orçamento do Estado

Medina acusa Miranda Sarmento de inaptidão

Medina recusou esta quinta-feira que Portugal apresente um problema orçamental e acusou o atual detentor da pasta, Miranda Sarmento, de "inaptidão técnica" e "falsidade política".
Eu estive lá

Medina e a geringonça:"Tudo era inteiramente novo"

Teve resposta para tudo e afirma que “o país deve muito a António Costa”. Fernando Medina, ex-ministro das Finanças, revisita os oito anos de poder socialista no podcast "Eu Estive Lá".
Noticiário

7h. Bruxelas? Medina vai ser deputado "para já"

Ex-ministro das Finanças é o convidado do Eu Estive Lá. Lança Costa para Bruxelas e faz tabu do seu futuro. Paulo Portas rejeita críticas "injustas" de Passos Coelho. E a comissão do 25 de Novembro.
E o vencedor é...

PSD, o campeão a dar tiros nos pés

Assim que a porta abriu, bastou uma rajada de vento para o Governo abanar e causar estragos. Os problemas de crescimento do Livre e os "truques e pózinhos" de Medina para baixar a dívida pública.
Semáforo Político

Secretários de Estado? "Melhor que a encomenda!"

Equipa de Montenegro traz "complementaridades interessantes" ao Governo. Pedro Nuno vai estar atento ao que se passa atrás dele - uma plateia socialista em que Fernando Medina é um "ativo não tóxico".
Vichyssoise

"Não se pode governar um país na base da fezada"

Ex-ministro das Finanças há apenas três dias avisa que é um "instantinho" entre ter um excedente e passar a ter défice. Desconfia das projeções do PSD e parece preparado para o comentário político.
Atualidade

Entrevista a Fernando Medina na Vichyssoise

A ausência de Pedro Nuno da tomada de posse, o jogo de Marcelo e Montenegro e o novo símbolo do Governo foram os temas da Vichyssoise. O convidado foi o ex-ministro das Finanças, Fernando Medina.
Resposta Pronta

APED: "Sucesso do IVA Zero não surpreende"

Um estudo publicado pelo BdP mostra que o IVA Zero foi um sucesso. Gonçalo Lobo Xavier, diretor-geral da APED, não está surpreendido mas também não apresenta a medida como prioridade para o Governo.
Semáforo Político

AD vai fazer um brilharete com contas do Medina?

Medina abriu caminho mas compete a Miranda Sarmento consolidar, quando abrir a porta do cofre e ver o excedente. "É o grande desafio do Governo". Ainda, André Ventura já está em campanha eleitoral.
Novo Governo

Governo: os desafios do novo ministro das finanças

Entre as missões de Miranda Sarmento está: " Manter o controlo das contas enquanto acode aos desequilíbrios deixados pela estratégia recente", antevê o economista João Cesar das Neves.
E o vencedor é...

A saída "limpinha" de Fernando Medina

Não há ninguém que supere os powerpoints do PS na pasta da transição. A tarefa de Montenegro para gerir bem o excedente e a reabilitação política de Medina na "clínica" do ministério das Finanças.
Finanças Públicas

Medina deixa mesmo os cofres cheios a Montenegro?

Excedente de 3 mil milhões de euros dá margem a Montenegro, mas não rédea solta. Há "efeitos desfasados" da inflação e um processo de "desinflação" em curso que pode trazer "surpresas adversas".
Noticiário

13h.PSD propõe Aguiar-Branco a presidente da AR

Cinco anos depois, o social-democrata regressa ao Parlamento e deve suceder a Augusto Santos Silva como segunda figura do Estado. Ainda neste jornal, Portugal atinge excedente orçamental de 1,2%.
Finanças Públicas

Medina despede-se com excedente histórico de 1,2% 

Atual Governo deixa a Montenegro o maior excedente da democracia, 1,2% em 2023, segundo o INE. Medina justifica com crescimento, emprego e salários mas deixa alertas ao sucessor.
Política

Troika, Medina e a JMJ. O novo livro de Moedas

No livro "Liderar com as Pessoas", Moedas recorda as negociações difíceis com a troika, a vida na Comissão Europeia, a corrida eleitoral em Lisboa e os desafios que enfrentou nestes dois anos e meio.
Fernando Medina

Medina teve festa de despedida com concerto

Momento musical foi realizado "pro bono", sem "custos de qualquer natureza para o erário público", garante o Ministério, que fala numa "oportunidade para a valorização da cultura portuguesa".
Semáforo Político

PNS a reclamar louros por medidas populares?

Medina, o "homem que conhece bem as contas do Estado", nega um orçamento retificativo. "Era mais interessante se Pedro Nuno tivesse falado com Medina antes de ir a Belém". Ainda a overdose de Ventura.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Desde 0,18€/dia
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Desde 0,18€/dia
Em tempos de incerteza e mudanças rápidas, é essencial estar bem informado. Não deixe que as notícias passem ao seu lado – assine agora e tenha acesso ilimitado às histórias que moldam o nosso País.
Ver ofertas