O futebolista argentino Lionel Messi não vai renovar o contrato com o FC Barcelona, confirmou esta quinta-feira o clube catalão em comunicado. É o fim de uma carreira de 20 anos ao serviço do Barcelona, onde Messi entrou ainda juvenil — tendo-se estreado oficialmente com a camisola principal do clube num jogo com FCP nas Antas.

Segundo o jornal desportivo Sport, houve uma reunião esta quinta-feira entre o presidente do FC Barcelona, Joan Laporta, o vice-presidente desportivo, Rafa Yuste, o pai do futebolista, que é um dos seus representantes, e o empresário português Jorge Mendes.

A reunião acabou sem acordo e levou a que o Barça emitisse o comunicado final.

“Apesar de se ter chegado a um acordo entre o FC Barcelona e Leo Messi, com a clara intenção de ambas as partes de assinar um novo contrato no dia de hoje, não poderá formalizar-se devido a obstáculos económicos e estruturais”, lê-se no comunicado do clube catalão.

“Perante esta situação, Lionel Messi não continuará ligado ao FC Barcelona”, assegura o clube. “As duas partes lamentam profundamente que finalmente não se possam cumprir os desejos tanto do jogador como do clube.”

O Sport avança ainda que neste momento Joan Laporta e Jorge Mendes estão a apontar para a contratação do português Renato Sanches, que foi campeão pelo Lille, e que se destacou na Seleção Portuguesa durante o Euro. Já Messi poderá rumar ao PSG.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No início desta semana, a Liga espanhola assinou um acordo milionário de patrocínio com um fundo de investimento — o americano CVC, que acaba de comprar parte da Sonae em Portugal —, que vai distribuir milhões de euros pelos clubes espanhóis, mas o encaixe económico não foi suficiente para o Barcelona conseguir manter Messi.

Messi “sacrifica” metade do ordenado para ficar em Barcelona. Contrato de cinco anos não é para cumprir

“O Barça quer agradecer de todo o coração a dedicação do jogador e o engrandecimento da instituição, e deseja-lhe o melhor na sua vida pessoal e profissional”, termina o comunicado do clube.

Durante a sua carreira no FC Barcelona, Messi, de 34 anos, ganhou seis vezes a Bola de Ouro, marcou 672 golos, jogou 778 partidas e contribuiu para a vitória de 34 títulos da equipa principal.

Desde que Messi terminou o contrato com o FC Barcelona, no final de junho, que decorreram negociações entre as duas partes e que o jogador foi apontado ao PSG — de onde Mbappé poderia sair para o rival Real Madrid. Agora, de acordo com a imprensa espanhola, Messi poderá mesmo estar perto de assinar pelo clube francês.

A notícia da não renovação de Messi pelo FC Barcelona é uma reviravolta completa numa história que já parecia resolvida, uma vez que tudo indicava que o futebolista argentino iria mesmo voltar a assinar pelo clube catalão, onde deveria aceitar um corte de 50% no ordenado face ao que recebia até aqui.