Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os vencedores destacaram o sucesso das suas estratégias, os derrotados apontaram a explicações dentro e fora dos seus partidos — alguns com recursos a teorias da conspiração. Nos discursos da noite eleitoral também se falou muito de abstenção, de política nacional e das eleições que só são em outubro, mas que parecia que eram já hoje — as legislativas.

[Difamações, frustrações e outras lamentações. A noite eleitoral num minuto]

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.