Dark Mode 113kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Largos dias têm 22 Campeonatos e 61 títulos – ou como Pinto da Costa ganhou espaço para tomar conta do tempo /premium

Em 46 anos, entre 1935 e 1981, o FC Porto ganhou 12 títulos; nos 38 seguintes subiu para 73, dos quais sete em provas europeias. Dos técnicos aos goleadores, o raio-x à era Pinto da Costa nos dragões.

Depois da passagem por várias secções das modalidades do FC Porto e depois de subir a chefe do departamento de futebol tendo José Maria Pedroto como técnico, Pinto da Costa saiu do clube no célebre Verão de 1980 mas voltou, em abril de 1982, pela porta grande. Ou maior, entenda-se: a presidência dos azuis e brancos. Nessa época, com o austríaco Hermann Stessl no comando da equipa em mais uma aposta falhada de Américo de Sá, o Sporting do inglês Malcolm Allison fez a dobradinha, o Benfica terminou na segunda posição e os dragões não foram além do terceiro lugar. A história do Campeonato era escrita entre os rivais de Lisboa com 40 triunfos em conjunto entre as 48 edições disputadas; a partir daí, a história do Campeonato começou a ser escrito por Pinto da Costa.

Um dicionário para perceber os 13.925 dias de Pinto da Costa na liderança do FC Porto, do Apito Dourado ao Zé do Boné

Desde que assumiu a presidência do FC Porto, o decano dirigente alcançou até 2020 um total de 22 Campeonatos, 76% de todos os triunfos do clube na principal competição (29). Mais do que isso, os dragões ganharam nesse lapso mais Campeonatos do que Benfica (13), Sporting (três) e Boavista (um) juntos, numa diferença que é sobretudo acentuada na comparação com os leões: se com a vitória de 1982 o conjunto de Alvalade tinha mais nove títulos do que os azuis e brancos, hoje tem menos 11 títulos do que os azuis e brancos. E pelo meio ainda houve o famoso penta com Fernando Santos, que superou o tetra na altura dos Cinco Violinos que era recorde.

Mas este título, o segundo em três anos com Sérgio Conceição no comando, tem outro significado para o dirigente que leva 13.963 dias na presidência no clube. Logo à cabeça porque pela primeira vez numas eleições teve mais do que um adversário (e mesmo que fosse só um, não acontecia há quase 30 anos…) e foi obrigado a “trabalhar” numa campanha sem debates mas onde teve a preocupação de mostrar um projeto para o futuro com novos e mais fortes nomes; depois porque, se é verdade que o atual técnico tinha conseguido quebrar o maior jejum de títulos de Pinto da Costa (entre agosto de 2013, com a Supertaça, e maio de 2018), agora mostrou que não existem razões para se falar em hegemonia do rival – nos últimos dez anos, ganhou tantos Campeonatos como o Benfica (cinco); nos dez anos anteriores ganhou seis contra dois dos encarnados; nos dez anteriores a esse ganhou sete contra dois.

Pinto da Costa e as 80 frases que explicam quem é o sócio 808 do FC Porto (e muito mais do que isso)

Em resumo, e recapitulando o currículo do FC Porto no futebol, os azuis e brancos tinham sete Campeonatos, quatro Taças de Portugal e uma Supertaça entre 1935 e 1981. Ou seja, 12 títulos em 46 anos. Agora, de 1982 para a frente, levam duas Taças dos Clubes Campeões Europeus/Liga dos Campeões, duas Taças UEFA/Liga Europa, duas Taças Intercontinentais, uma Supertaça Europeia, 29 Campeonatos, 16 Taças de Portugal e 21 Supertaças. Ou seja, 61 títulos em 38 anos. E esse é um dos principais legados de Pinto da Costa nos dragões.

Começou com Sp. Espinho, chegou ao Moreirense e teve 21 títulos de campeão pelo meio: as 900 vitórias de Pinto da Costa na Liga

1981/82: 0 títulos

Primeira Liga: 3.º lugar (a 3 pontos do Sporting)
Europa: Quartos-de-final da Taça das Taças (Standard Liège)
Taça de Portugal: Quartos-de-final (Benfica)
Supertaça: Vencedor (Benfica, ainda com Américo de Sá presidente)
Treinador: Hermann Stessl
Jogador com mais jogos: Fonseca (43)
Jogador com mais golos: Jacques (34)

1982/83: 0 títulos

Primeira Liga: 2.º lugar (a 4 pontos do Benfica)
Europa: 2.ª eliminatória da Taça UEFA (Anderlecht)
Taça de Portugal: Finalista vencido (Benfica)
Treinador: José Maria Pedroto
Jogador com mais jogos: Eurico (41)
Jogador com mais golos: Fernando Gomes (50)

1983/84: 2 títulos (2 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 3 pontos do Benfica)
Europa: Finalista vencido da Taça das Taças (Juventus)
Taça de Portugal: Vencedor (Rio Ave)
Supertaça: Vencedor (Benfica)
Treinadores: José Maria Pedroto e António Morais
Jogadores com mais jogos: Jaime Pacheco e Zé Beto (48)
Jogador com mais golos: Fernando Gomes (22)

Fernando Gomes, o Bibota, foi uma das quatro promessas eleitorais de Pinto da Costa quando avançou em 1982

Alfredo Mendes/Global Imagens

1984/85: 2 títulos (4 no total)

Primeira Liga: Vencedor (mais 8 pontos do que o Sporting)
Europa: 1.ª eliminatória da Taça das Taças (Wrexham)
Taça de Portugal: Finalista vencido (Benfica)
Supertaça: Vencedor (Benfica)
Treinador: Artur Jorge
Jogadores com mais jogos: Eurico, Futre, Quim e João Pinto (43)
Jogador com mais golos: Fernando Gomes (46)

1985/86: 1 título (5 no total)

Primeira Liga: Vencedor (mais 2 pontos do que o Benfica)
Europa: 2.ª eliminatória da Taça dos Campeões (Barcelona)
Taça de Portugal: Oitavos-de-final (Benfica)
Supertaça: Finalista vencido (Benfica)
Treinador: Artur Jorge
Jogador com mais jogos: Fernando Gomes (40)
Jogador com mais golos: Fernando Gomes (21)

1986/87: 2 títulos (7 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 3 pontos do Benfica)
Europa: Vencedor da Taça dos Campeões (Bayern)
Taça de Portugal: Meias-finais (Sporting)
Supertaça: Vencedor (Benfica)
Treinador: Artur Jorge
Jogador com mais jogos: João Pinto (45)
Jogador com mais golos: Fernando Gomes (31)

Vitória do FC Porto frente ao Bayern na Taça dos Clubes Campeões Europeus foi a primeira conquista internacional do clube

1987/88: 4 títulos (11 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 15 pontos do que o Benfica)
Europa: 2.ª eliminatória da Taça dos Campeões (Real Madrid)
Europa: Vencedor da Supertaça Europeia (Ajax)
Mundo: Vencedor da Taça Intercontinental (Peñarol)
Taça de Portugal: Vencedor (V. Guimarães)
Treinador: Tomislav Ivic
Jogador com mais jogos: Inácio (51)
Jogador com mais golos: Fernando Gomes (21)

1988/89: 0 títulos (11 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 7 pontos do Benfica)
Europa: 2.ª eliminatória da Taça dos Campeões (PSV)
Taça de Portugal: Oitavos-de-final (Belenenses)
Supertaça: Finalista vencido (V. Guimarães)
Treinadores: Quinito, Murça e Artur Jorge
Jogador com mais jogos: André (45)
Jogador com mais golos: Rui Águas (16)

1989/90: 1 título (12 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 4 pontos do que o Benfica)
Europa: 3.ª eliminatória da Taça UEFA (Hamburgo)
Taça de Portugal: Oitavos-de-final (Tirsense)
Treinador: Artur Jorge
Jogador com mais jogos: Vítor Baía (43)
Jogador com mais golos: Rui Águas (24)

1990/91: 2 títulos (14 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 2 pontos do Benfica)
Europa: Quartos-de-final da Taça dos Campeões (Bayern)
Taça de Portugal: Vencedor (Beira-Mar)
Supertaça: Vencedor (E. Amadora)
Treinador: Artur Jorge
Jogador com mais jogos: Vítor Baía (53)
Jogador com mais golos: Domingos (31)

Artur Jorge é um dos treinador com mais jogos no FC Porto, a par de José Maria Pedroto ou Jesualdo Ferreira

Mark Thompson /Allsport

1991/92: 1 título (15 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 10 pontos do que o Benfica)
Europa: 2.ª eliminatória da Taça das Taças (Tottenham)
Taça de Portugal: Finalista vencido (Boavista)
Treinador: Carlos Alberto Silva
Jogador com mais jogos: Vítor Baía (47)
Jogador com mais golos: Timofte (13)

1992/93: 2 títulos (17 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 2 pontos do que o Benfica)
Europa: Fase de grupos da Champions (Milan, PSV e Gotemburgo)
Taça de Portugal: Oitavos-de-final (Benfica)
Supertaça I: Vencedor (Benfica)
Supertaça II: Finalista vencido (Boavista)
Treinador: Carlos Alberto Silva
Jogador com mais jogos: Vítor Baía (49)
Jogador com mais golos: Kostadinov (15)

1993/94: 1 título (18 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 2 pontos do Benfica)
Europa: Meia-final da Champions (Barcelona)
Taça de Portugal: Vencedor (Sporting)
Treinadores: Tomislav Ivic e Bobby Robson
Jogador com mais jogos: Vítor Baía (51)
Jogador com mais golos: Kostadinov (19)

1994/95: 3 títulos (21 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 7 pontos do que o Sporting)
Europa: Quartos-de-final da Taça das Taças (Sampdória)
Taça de Portugal: Meias-finais (Marítimo)
Supertaça I: Vencedor (Benfica)
Supertaça II: Vencedor (Benfica)
Treinador: Bobby Robson
Jogador com mais jogos: Vítor Baía (48)
Jogador com mais golos: Domingos (28)

1995/96: 1 título (22 no total)

Primeira Liga: Vencedor (mais 11 pontos do que o Benfica)
Europa: Fase de grupos da Champions (Nantes, Aalborg e Panathinaikos)
Taça de Portugal: Meias-finais (Sporting)
Supertaça: Finalista vencido (Sporting)
Treinador: Augusto Inácio e Bobby Robson
Jogador com mais jogos: Domingos (46)
Jogador com mais golos: Domingos (31)

Bobby Robson foi dispensado pelo Sporting, resgatado pelo FC Porto e campeão nacional pelos azuis e brancos

Getty Images

1996/97: 2 títulos (24 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 13 pontos do que o Sporting)
Europa: Quartos-de-final da Champions (Manchester United)
Taça de Portugal: Meias-finais (Benfica)
Treinador: António Oliveira
Jogadores com mais jogos: Jardel e Paulinho Santos (44)
Jogador com mais golos: Jardel (35)

1997/98: 2 títulos (26 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 9 pontos do que o Benfica)
Europa: Fase de grupos da Champions (Real Madrid, Olympiakos e Rosenborg)
Taça de Portugal: Vencedor (Sp. Braga)
Supertaça: Finalista vencido (Boavista)
Treinador: António Oliveira
Jogador com mais jogos: Capucho (44)
Jogador com mais golos: Jardel (39)

1998/99: 2 títulos (28 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 8 pontos do que o Boavista)
Europa: Fase de grupos da Champions (Ajax, Olympiakos e Croácia Zagreb)
Taça de Portugal: 5.ª eliminatória (Torreense)
Supertaça: Vencedor (Sp. Braga)
Treinador: Fernando Santos
Jogadores com mais jogos: Aloísio e Drulovic (42)
Jogador com mais golos: Jardel (38)

1999/00: 2 títulos (30 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 4 pontos do Sporting)
Europa: Quartos-de-final da Champions (Bayern)
Taça de Portugal: Vencedor (Sporting)
Supertaça: Vencedor (Beira-Mar)
Treinador: Fernando Santos
Jogador com mais jogos: Drulovic (53)
Jogador com mais golos: Jardel (56)

2000/01: 1 título (31 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 1 ponto do Boavista)
Europa: Quartos-de-final da Taça UEFA (Liverpool)
Taça de Portugal: Vencedor (Marítimo)
Supertaça: Finalista vencido (Sporting)
Treinador: Fernando Santos
Jogador com mais jogos: Capucho (51)
Jogador com mais golos: Pena (29)

Fernando Santos chegou em 1998 ao FC Porto, foi o Engenheiro do penta mas falhou o título nos dois anos seguintes

Getty Images

2001/02: 1 título (32 no total)

Primeira Liga: 3.º lugar (a 7 pontos do Sporting)
Europa: 2.ª fase da Champions (Real Madrid, Panathinaikos e Sparta Praga)
Taça de Portugal: Quartos-de-final (Sp. Braga)
Supertaça: Vencedor (Boavista)
Treinador: Octávio Machado e José Mourinho
Jogador com mais jogos: Jorge Andrade (52)
Jogador com mais golos: Deco (19)

2002/03: 3 títulos (35 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 11 pontos do que o Benfica)
Europa: Vencedor da Taça UEFA (Celtic)
Taça de Portugal: Vencedor (U. Leiria)
Treinador: José Mourinho
Jogador com mais jogos: Paulo Ferreira (47)
Jogador com mais golos: Derlei (21)

2003/04: 3 títulos (38 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 8 pontos do que o Benfica)
Europa: Vencedor da Champions (Mónaco)
Europa: Finalista vencido da Supertaça Europeia (AC Milan)
Taça de Portugal: Finalista vencido (Benfica)
Supertaça: Vencedor (U. Leiria)
Treinador: José Mourinho
Jogador com mais jogos: Paulo Ferreira (52)
Jogador com mais golos: Benny McCarthy (25)

José Mourinho teve duas épocas de sonho entre 2002 e 2004, ganhando além de quase todas as provas nacionais a Champions e a Taça UEFA

AFP/Getty Images

2004/05: 2 títulos (40 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 3 pontos do Benfica)
Europa: Oitavos-de-final da Champions (Inter)
Europa: Finalista vencido da Supertaça Europeia (Valencia)
Mundo: Vencedor da Taça Intercontinental (Once Caldas)
Taça de Portugal: 4.ª eliminatória (V. Guimarães)
Supertaça: Vencedor (Boavista)
Treinadores: Luigi del Neri, Victor Fernández e José Couceiro
Jogador com mais jogos: Quaresma (44)
Jogador com mais golos: Benny McCarthy (14)

2005/06: 2 títulos (42 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 7 pontos do que o Sporting)
Europa: Fase de grupos da Champions (Inter, Rangers e Artmedia)
Taça de Portugal: Vencedor (V. Setúbal)
Treinador: Co Adriaanse
Jogador com mais jogos: Lucho González (40)
Jogador com mais golos: Lucho González (12)

2006/07: 2 títulos (44 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 1 ponto do que o Sporting)
Europa: Oitavos-de-final da Champions (Chelsea)
Taça de Portugal: 4.ª eliminatória (Atlético)
Supertaça: Vencedor (V. Setúbal)
Treinador: Rui Barros e Jesualdo Ferreira
Jogador com mais jogos: Helton (39)
Jogador com mais golos: Lucho González e Adriano (12)

Médio argentino Lucho González passou duas vezes pelos dragões e chegou rapidamente a capitão de equipa

MIGUEL RIOPA/AFP/Getty Images

2007/08: 1 título (45 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 14 pontos do que o Sporting)
Europa: Oitavos-de-final da Champions (Schalke 04)
Taça de Portugal: Finalista vencido (Sporting)
Supertaça: Finalista vencido (Sporting)
Treinador: Jesualdo Ferreira
Jogador com mais jogos: Lisandro López (41)
Jogador com mais golos: Lisandro López (27)

2008/09: 2 títulos (47 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 4 pontos do que o Sporting)
Europa: Quartos-de-final da Champions (Manchester United)
Taça de Portugal: Vencedor (P. Ferreira)
Supertaça: Finalista vencido (Sporting)
Treinador: Jesualdo Ferreira
Jogador com mais jogos: Bruno Alves (46)
Jogador com mais golos: Lisandro López (22)

2009/10: 2 títulos (49 no total)

Primeira Liga: 3.º lugar (a 8 pontos do Benfica)
Europa: Oitavos-de-final da Champions (Arsenal)
Taça de Portugal: Vencedor (Desp. Chaves)
Supertaça: Vencedor (P. Ferreira)
Treinador: Jesualdo Ferreira
Jogador com mais jogos: Álvaro Pereira (46)
Jogador com mais golos: Falcao (34)

2010/11: 4 títulos (53 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 21 pontos do que o Benfica)
Europa: Vencedor da Liga Europa (Sp. Braga)
Taça de Portugal: Vencedor (V. Guimarães)
Supertaça: Vencedor (Benfica)
Treinador: André Villas-Boas
Jogadores com mais jogos: Hulk e João Moutinho (53)
Jogador com mais golos: Falcao (38)

André Villas-Boas chegou ao FC Porto em 2010 e ganhou nessa época Campeonato, Taça, Supertaça e Liga Europa, tornando-se depois o técnico mais caro de sempre na saída para o Chelsea

AFP/Getty Images

2011/12: 2 títulos (55 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 6 pontos do que o Benfica)
Europa: Fase de grupos da Champions (Apoel, Zenit e Shakhtar) e 32-avos-de-final da Liga Europa (Manchester City)
Europa: Finalista vencido da Supertaça Europeia (Barcelona)
Taça de Portugal: 4.ª eliminatória (Académica)
Taça da Liga: Meias-finais (Benfica)
Supertaça: Vencedor (V. Guimarães)
Treinador: Vítor Pereira
Jogador com mais jogos: João Moutinho (44)
Jogador com mais golos: Hulk (21)

2012/13: 2 títulos (57 no total)

Primeira Liga: Vencedor (com mais 1 ponto do que o Benfica)
Europa: Oitavos-de-final da Champions (Málaga)
Taça de Portugal: 5.ª eliminatória (Sp. Braga)
Taça da Liga: Finalista vencido (Sp. Braga)
Supertaça: Vencedor (Académica)
Treinador: Vítor Pereira
Jogador com mais jogos: Lucho González (44)
Jogador com mais golos: Jackson Martínez (31)

2013/14: 1 título (58 no total)

Primeira Liga: 3.º lugar (a 13 pontos do Benfica)
Europa: Fase de grupos da Champions (Atl. Madrid, Zenit e Áustria Viena) e quartos-de-final da Liga Europa (Sevilha)
Taça de Portugal: Meias-finais (Benfica)
Taça da Liga: Meias-finais (Benfica)
Supertaça: Vencedor (V. Guimarães)
Treinador: Paulo Fonseca e Luís Castro
Jogador com mais jogos: Jackson Martínez (51)
Jogador com mais golos: Jackson Martínez (29)

2014/15: 0 títulos (58 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 3 pontos do Benfica)
Europa: Quartos-de-final da Champions (Bayern)
Taça de Portugal: 3.ª eliminatória (Sporting)
Taça da Liga: Meias-finais (Marítimo)
Treinador: Julen Lopetegui
Jogador com mais jogos: Herrera (46)
Jogador com mais golos: Jackson Martínez (32)

2015/16: 0 títulos (58 no total)

Primeira Liga: 3.º lugar (a 15 pontos do Benfica)
Europa: Fase de grupos da Champions (Chelsea, Dínamo Kiev e Maccabi) e 32-avos da Liga Europa (B. Dortmund)
Taça de Portugal: Finalista vencido (Sp. Braga)
Taça da Liga: Fase de grupos (Marítimo, Feirense e Famalicão)
Treinador: Julen Lopetegui, Rui Barros e José Peseiro
Jogador com mais jogos: Danilo Pereira (45)
Jogador com mais golos: Aboubakar (18)

2016/17: 0 títulos (58 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a 6 pontos do Benfica)
Europa: 16-avos-de-final da Champions (Juventus)
Taça de Portugal: 4.ª eliminatória (Desp. Chaves)
Taça da Liga: Fase de grupos (Moreirense, Feirense e Belenenses)
Treinador: Nuno Espírito Santo
Jogador com mais jogos: Marcano (46)
Jogador com mais golos: André Silva (21)

Sérgio Conceição ganhou dois Campeonatos nos últimos três anos, após quatro títulos consecutivos do rival Benfica

Getty Images

2017/18: 1 título (59 no total)

Primeira Liga: 1.º lugar (com mais sete pontos do que o Benfica)
Europa: Oitavos-de-final da Champions (Liverpool)
Taça de Portugal: Meias-finais (Sporting)
Taça da Liga: Meias-finais (Sporting)
Treinador: Sérgio Conceição
Jogador com mais jogos: Brahimi (49)
Jogador com mais golos: Aboubakar (26)

2018/19: 1 título (60 no total)

Primeira Liga: 2.º lugar (a dois pontos do Benfica)
Europa: Quartos-de-final da Champions (Liverpool)
Taça de Portugal: Finalista vencido (Sporting)
Taça da Liga: Finalista vencido (Sporting)
Supertaça: Vencedor (Desp. Aves)
Treinador: Sérgio Conceição
Jogador com mais jogos: Felipe, Alex Telles, Herrera e Corona (53)
Jogador com mais golos: Soares (22)

2019/20: 1 título (61 no total) *

Primeira Liga: 1.º lugar (com mais 8 pontos do que o Benfica a duas jornadas do final)
Europa: Terceira pré-eliminatória da Champions (Krasnodar) e 16-avos-de final da Liga Europa (Bayer Leverkusen)
Taça de Portugal: Finalista (Benfica) *
Taça da Liga: Finalista vencido (Sp. Braga)
Treinador: Sérgio Conceição
Jogador com mais jogos: Corona (48)
Jogador com mais golos: Soares (17)
* o jogo será disputado a 1 de agosto em Coimbra

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.