Índice

    Índice

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Muito poderia ser dito sobre Svalbard, um arquipélago a meio caminho entre a Noruega e o Polo Norte, mas, para já, ficamos com o essencial: 1) tem mais ursos polares do que pessoas; 2) ninguém precisa de visto de residência desde que haja trabalho e um teto para dormir; 3) pertence à Noruega, mas tem estatuto especial fixado por um tratado com 100 anos; 4) acumula tanto bacalhau à sua volta que a indústria pesqueira portuguesa e o Governo ficaram preocupados quando se aperceberam que Portugal pode perder quotas de pesca nesta zona.

É que a Noruega comunicou à União Europeia que os estados-membros vão ter este ano muito menos bacalhau para pescar em Svalbard, um arquipélago com estatuto único. Portugal, em conjunto com outros países afetados, já reclamaram junto da Comissão Europeia.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.