Nas vizinhanças do planeta Terra, a menos de 330 milhões de quilómetros do planeta, há um asteroide com forma de diamante e com 500 metros de diâmetro (cerca de metade do comprimento da Avenida da Liberdade, em Lisboa) que pode colidir com a Terra dentro de cem anos.

Bennu, assim batizado em homenagem a uma figura mitológica egípcia, é constituído essencialmente de ferro, hidrogénio, amoníaco e azoto. E é um verdadeiro tesouro espacial: vale 670 milhões de dólares, cerca de 571 milhões de euros. Era preciso ganhar quase três vezes o maior prémio do Euromilhões para o conseguir comprar. Ou duas, se já tiver 171 milhões de dólares na conta poupança.

Asteroide Bennu, fotografado pela sonda OSIRIS-REx.

NASA/Goddard/University of Arizona

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.