Explicador

Ponto por ponto. Como vai funcionar o plano do BCE

Janeiro 201522 Janeiro 2015214
Edgar Caetano

Quanta dívida poderá ser comprada? E quanta portuguesa?

Pergunta 6 de 9

As compras do BCE serão feitas de acordo com a quota de cada banco central no eurosistema. Há, contudo, dois limites importantes a ter em conta. Para evitar “distorções na formação de preço no mercado”, o BCE nunca poderá comprar mais de 25% de uma dada emissão de dívida e, também, o eurosistema nunca poderá adquirir mais de 33% da dívida total de um dado emitente.

Tendo em conta que a quota do Banco de Portugal no BCE é de 2,5%, a média mensal de dívida portuguesa poderá chegar perto de 1.500 milhões. Não é possível confrontar esta média com o grau de exposição total que o BCE já tem a Portugal, porque não existem dados atualizados sobre isso.

Este valor de quase 1.500 milhões inclui, no entanto, dívida pública e dívida privada, não sendo possível desagregar, então, o montante máximo entre estes dois tipos de instrumentos.

De qualquer forma, assumindo que o programa termina em setembro de 2016, o BCE poderá comprar até 26 mil milhões de euros em dívida portuguesa (pública e privada). A dívida pública total ascende, neste momento, a 218 mil milhões de euros.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)