Logo Observador
Decoração

8 dicas para criar um bom ambiente de trabalho em casa

374

Secretárias, caixas, cadeirões, candeeiros. No sítio certo, podem tornar a tarefa de trabalhar em casa confortável e estimulante. Duas decoradoras de interiores explicaram ao Observador como.

Ter tudo arrumado, mas à mão, é meio caminho andado para um bom rendimento

BoConcept

Autor
  • Raquel Salgueira Póvoas

Há quem trabalhe a partir de casa e há quem leve trabalho para casa quando sai do escritório. Em ambas as situações, é preciso lutar contra as distrações domésticas e apostar num ambiente que seja o combustível ideal para a produção.

Ao Observador, Lisete Reis e Ana Pacheco, decoradoras de interiores da White Glam e da BoConcept, respetivamente, deram oito dicas para que as canetas, os cadernos e as folhas em branco delimitem de forma equilibrada e criativa o espaço de trabalho.

1. Leve a luz da rua para dentro de casa

Lisete Reis explica que a luz natural é bastante importante neste ambiente, isto porque a iluminação “ajuda a acordar e a manter o espírito fresco, alinhado com o tempo, as horas e o rebuliço do mundo lá fora”. Se não tiver janelas de dimensões generosas — e porque muitas vezes também é necessário trabalhar à noite –, a decoradora informa que devemos apostar também na luz artificial: “em vez do típico candeeiro de secretária, opte por um candeeiro impactante, de larga escala. Afinal, é um escritório, mas não tem de ser um escritório com ar de escritório.”

bo concept luz

© BoConcept

2. Integre a zona de trabalho no resto da casa

A zona de trabalho não precisa de estar limitada ao tradicional escritório, isolada de tudo o resto. Hoje em dia, como conta Ana Pacheco, “o que o cliente quer é um espaço que dê para trabalhar e ao mesmo tempo [esteja integrado] no ambiente familiar”. Por isso, os móveis escolhidos para o escritório caseiro devem ser pensados para estar em harmonia com o canto onde se vão inserir: na sala, no quarto ou até numa varanda. Já agora, escolha uma localização onde geralmente gosta de estar.

Bo Concept secretária sala

© BoConcept

3. Veja onde põe a secretária (e que secretária escolhe)

Uma boa base de trabalho faz toda a diferença, e é por essa razão que existem diferentes tipos de secretária adaptáveis às necessidades de cada um. Vestindo a camisola, Ana Pacheco sugere a secretária Cupertino da BoConcept, “uma mesa que engloba tudo o que precisa, e ainda tem a opção de ter um sistema de som integrado com altifalantes para bluetooth e compartimentos de arrumação que também podem ser utilizados para esconder os cabos e acessórios. ” Para quem tem o escritório no quarto, Lisete Reis deixa esta dica: “deve evitar posicionar a secretária no alinhamento visual da cama. Longe da vista, longe da tentação.”

4. Tenha em conta as cores

É importante estimular a criatividade e manter a concentração. Para esse efeito, a decoradora da White Glam sugere uma escolha cuidadosa das cores: “Uma boa opção será uma base neutra — paredes e móveis brancos, por exemplo –, e depois apontamentos de cor. Nesse sentido, o amarelo é considerado uma cor criativa e o verde, como provoca alguma inércia, é desaconselhado. Depois, dentro de cada cor há uma imensidão de variantes e tons.”

favarojr cores

© @favarojr/Flickr

5. Mesmo dentro de casa, não se esqueça do jardim

No mesmo sentido de levar a luz da rua para casa, Lisete Reis propõe que se levem as plantas. Podem ser pequenas como um bonsai ou grandes como uma palmeira de interior, “importante é que esteja ali um bocadinho daquela vida que não vamos ver nos jardins de rua, porque estamos sempre em casa”.

plantas em casa

© Wicker Paradise/Flickr

6. Veja onde se senta (e onde põe os pés)

As longas horas passadas a trabalhar exigem conforto. Ou seja, as cadeiras da cozinha não são opção. Contudo, não é obrigatório optar por uma cadeira de escritório tradicional. “Para dar um ar mais ‘decorado’, devemos escolher por exemplo uma cadeira estofada, num tecido apelativo e resistente. Normalmente nos escritórios empresariais não há tapetes, mas em casa isso é permitido e recomendado. Sobretudo para quem se arrasta quase de pijama e descalço para o escritório”, diz Lisete. A decoradora da BoConcept acrescenta que a escolha deve passar por uma cadeira diferente ou com uma cor atrativa, que facilmente sirva de assento extra para a mesa de jantar.

cadeiras Bo concept 7

© BoConcept

7. Rodeie-se de frases inspiradoras

Nos momentos de pausa, de reflexão ou busca de inspiração, ler frases motivadoras ajuda. Por isso, são também uma boa aposta.

frases inspiradoras

© Wicker Paradise/Flickr

8. Tenha cada coisa no seu lugar

A arrumação é importante. Nesse sentido, recomenda-se que “use e abuse de caixas, cestos e arquivadores, já que permitem que esteja tudo escondido e organizado”. Outra ideia sugerida por Lisete Reis é a de “fazer um quadro — por exemplo de cortiça e forrado num tecido bonito — para afixar notas, lembretes e organizar tarefas”.

Bo concept 5

© BoConcept

Depois das dicas, resta-nos desejar boas arrumações… e bom trabalho.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Quem viaja muito a trabalho tem sorte?

Ruth Manus

Viajar toda hora só é uma sorte quando tais viagens são por turismo voluntário ou por outra razão mais nobre. Viajar por necessidade ou por imposição não tem lá muita graça.

Maioria de Esquerda

Jogo da Glória: regras e regulamentos

Alberto Gonçalves
189

Na sua página do Facebook, um comentador lembra-lhe educadamente que, além de outras interessantes peculiaridades “culturais”, os ciganos também acham a homossexualidade uma “anomalia”. Recue uma casa