Logo Observador
Web Summit

27 mil pessoas de 149 países já asseguraram presença na Web Summit

A seis meses da Web Summit, a organização do evento contabilizou mais de 27 mil participantes, de 149 países. No ano passado, por esta altura, tinham-se inscrito apenas 1.317 pessoas, de 19 países.

É a primeira vez que a Web Summit sai de Dublin e decorre em Lisboa

Web Summit

Há mais de 27 mil pessoas, de 149 países, que já se inscreveram na Web Summit – maior evento de empreendedorismo, inovação e tecnologia da Europa -, que decorre em Lisboa, no MEO Arena e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), de 8 a 10 de novembro. No ano passado, por esta altura, tinham-se inscrito 1.317 pessoas, de 19 países. A organização espera receber cerca de 50 mil pessoas em Lisboa.

Entre as pessoas que já marcaram presença para o evento, contam-se portugueses como o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, Rui Costa (diretor desportivo do Benfica) ou Luís Figo (um dos mais jogadores internacionais portugueses e cofundador da Dream Factory Network), vários investidores e empresários norte-americanos, britânicos, israelitas, italianos, alemães ou espanhóis.

Vão estar presentes na Web Summit, representantes de fundos de capital de risco como a Union Square Ventures, Ogilvy ou Baseline Ventures, e representantes de empresas como a Cisco, Square, Amazon, American Express, Coca-Cola,Red Bull ou Getty Images. Pode ver a lista completa dos participantes confirmados aqui.

O ministro da Economia, Caldeira Cabral, disse em março que a “Web Summit vai ser um enorme palco para atrair investimento direto estrangeiro” e que é “uma enorme oportunidade para startups portuguesas”.

É a primeira vez que a conferência liderada por Paddy Cosgrave sai de Dublin, na Irlanda. O investimento para o evento – financiado pelo Turismo de Lisboa, Turismo de Portugal e pela AICEP – é de 1,3 milhões de euros e o contrato foi assinado para três anos (de 2016 a 2018), com possibilidade de estender por mais dois.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: apimentel@observador.pt
Lisboa

Dois mil e dezassete: Lisboa digital?

José Crespo de Carvalho

Pode pensar-se que os novos eventos web summit fazem de Lisboa um spot tecnológico e que com isso a cidade se tornou tech. Mentira. Precisamos de uma verdadeira webização da cidade.

Startups

Web Summit, o dia seguinte

José Conde Rodrigues

Um dos grandes problemas com que nos confrontamos como povo reside no facto de nos entusiasmarmos com grandes eventos, grandes projetos, dos quais nos esquecemos de seguida sem o devido acompanhamento