Logo Observador
Serviço De Estrangeiros E Fronteiras

SEF. Falta de inspetores é discutida hoje em reunião do sindicato com ministra

O sindicato que representa os inspetores do SEF realiza uma reunião com a ministra da Administração Interna para discutir a falta de pessoal e de meios no serviço de segurança.

LUSA

O sindicato que representa os inspetores do SEF realiza esta segunda-feira uma reunião com a ministra da Administração Interna para discutir a falta de pessoal e de meios naquele serviço de segurança. A reunião foi pedida pelo Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SCIF/SEF), que há muito alerta para a falta de inspetores no SEF.

“Há um estrangulamento no SEF ao nível do pessoal e de meios”, disse à agência Lusa o presidente do sindicato Acácio Pereira, responsabilizando os sucessivos Governo pela falta de inspetores, inclusive deste Governo, que ainda não realizou qualquer admissão.

Acácio Pereira adiantou que, durante a reunião, vai ser discutida a falta de inspetores em todo o país, mas sobretudo no aeroporto de Lisboa. No final de 2016, 45 novos inspetores terminaram a formação e atualmente está a decorrer outro curso também com 45 elementos, tendo estas novas admissões decorrido ao abrigo de um concurso interno.

Segundo o sindicato, este concurso interno foi feito pelo anterior Governo. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras tem atualmente 750 inspetores.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
União Europeia

Brexit, o teste ao futuro europeu

Helena Garrido

Se a saída do Reino Unido da União Europeia for um sucesso, outros cairão na tentação e o projecto não resistirá. Se for um fracasso, de tensão política e crise económica, a UE ainda se desunirá mais.