Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Há mais do que praias e piscina para aproveitar no verão em Lisboa e Almada. Há espetáculos de rua, dança, concertos, colóquios, sessões de cinema e muito mais. No total, são 139 sessões em 15 dias. A 31ª edição do Festival de Almada acontece de 4 a 18 de julho em 12 espaços de Almada e Lisboa. O festival é organizado pela Câmara Municipal de Almada e pela Companhia de Teatro da mesma cidade.

Em Almada, pode passar pelo Teatro Municipal Joaquim Benite e pelo Fórum Romeu Correia e, em Lisboa, há espetáculos no Teatro Nacional D. Maria II, no Centro Cultural de Belém e na Culturgest, entre outros.

No Teatro Municipal Joaquim Benite, sobe ao palco a peça Íon, encenada e adaptada por Luís Miguel Cintra, a figura homenageada pelo festival este ano. De 9 a 12 de julho, às 22horas, estão planeadas várias tertúlias em Almada sobre Os Lusíadas, de Luís de Camões. Na esplanada da escola D. António da Costa há concerto dos portugueses Memória de Peixe na sexta-feira, dia 4, pela meia-noite.  Diogo Infante e João Gil interpretam “Ode Marítima”, de Fernando Pessoa, peça encenada por Natália Luzia. Para ver na Escola D. António da Costa, em Almada, na quinta-feira, dia 10. O programa completo, com todas as atividades, locais e formas de chegar está aqui.

A edição de 2014 conta ainda com a presença de grupos da Argentina, de França e do Canadá. O preço dos bilhetes vai de 5 a 17 euros, mas por 70 euros pode comprar uma assinatura que dá entrada a todos os espetáculos. Para jovens o preço desce para 40 euros.

Documentos

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR