Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Caso Rui Rio se decida candidatar ao cargo de Presidente da República já tem um apoiante garantido. Nuno Melo, vice-presidente do CDS, afirmou em declarações ao semanário Sol que, na eventualidade de uma candidatura, estará “certamente” entre os apoiantes do ex-presidente da Câmara Municipal do Porto.

“Se Rui Rio avançar estarei certamente entre os seus apoiantes”, garantiu o eurodeputado, relembrando que “não houve nada a apontar a Rui Rio durante a coligação” que existiu entre PSD e CDS na Câmara Municipal do Porto. Em declarações ao semanário, outros membros da direção centrista consideraram o social-democrata “alguém com uma relação muito boa com o partido” e um “bom candidato” à cadeira de Belém.

Mas dentro do CDS há também quem ache que Rui Rio não reúne todas as condições para alcançar a vitória e que a melhor aposta seria Marcelo Rebelo de Sousa. Uma opinião partilhada por António Pires de Lima, ministro de Economia, que já considerou “razoavelmente linear” que Marcelo é quem reúne as “melhores condições para disputar as eleições presidenciais”, e por Nuno Magalhães, membro da comissão executiva do CDS, para quem “não há dúvidas” de que o ex-líder do PSD “é com certeza um bom candidato”. O PSD mantém-se em silêncio sobre a questão do apoio a candidatos, até porque “ainda não existem”, diz o Público.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR