O conselho permanente da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) vai reunir-se esta sexta-feira de emergência, um dia depois do acidente do avião da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia.

A reunião será em Viena e estava marcada para as 12h30 (11h30 em Lisboa) mas foi adiada para as 14h00 (13h00 em Lisboa) vai decorrer às 12h30 (11h30 em Lisboa).

“O conselho permanente da OSCE vai reunir-se em Viena para debater o acidente trágico do voo MH17 da transportadora Malaysia Airlines no leste da Ucrânia”, de acordo com um comunicado da OSCE, que realiza uma missão especial de observação na Ucrânia desde março.

O avião da Malaysia Airlines, com 298 pessoas a bordo, fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur, tendo desaparecido dos radares da Ucrânia a uma altitude de 10.000 metros. O “Boeing-777” perdeu a comunicação com terra na região oriental de Donetsk, perto da cidade de Shaktarsk, e palco de combates entre forças governamentais ucranianas e rebeldes pró-russos. Os serviços secretos norte-americanos disseram “acreditar fortemente” que o avião foi abatido por um míssil terra-ar, de origem ainda desconhecida.