A obra “Instrumento musical”, de Amadeo de Souza Cardoso, foi vendida por 55 mil euros, e “Aprés Sintra”, de Maria Helena Vieira da Silva, por 30 mil euros, num leilão realizado na segunda-feira, em Lisboa, foi esta quarta-feira anunciado.

De acordo com os resultados do leilão de Arte Moderna e Contemporânea, com escultura, pintura e fotografia, realizado na segunda-feira à noite pela Veritas Art Auctioneers, várias obras de autores portugueses foram vendidas.

Entre elas, “Instrumento musical”, um óleo sobre madeira de Amadeo de Souza Cardoso (1887-1918), que tinha um valor de base de 40 mil euros, foi arrematado por 55 mil euros.

“Après Sintra”, de Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992), uma têmpera sobre papel colada em tela, datada de 1976, que tinha uma estimativa de 25 mil euros, acabou por ser vendida por 30 mil euros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Também “Minerva” (2005), uma peça em cimento, tinta acrílica, croché em algodão feito à mão, criada por Joana Vasconcelos, foi vendia pela estimativa mínima inicial de 45 mil euros.

“Alvos (1) #710”, do artista Julião Sarmento, uma obra em acetato polivinílico e pigmentos sobre papel e fotografia a preto e branco, montados em platex com moldura do artista, de 1989, tinha uma estimativa de 25 mil euros e foi vendida por 34 mil euros.