São os melhores hotéis urbanos de 2014. E são poucos. A revista Wallpaper, com recurso a um júri internacional, selecionou dezenas de unidades em todo o mundo (desde o continente asiático ao norte-americano), entre as quais se destaca o Memmo Alfama, em Lisboa. É o único hotel português que integra a respetiva short list, pelo que vale a pena recordar o projeto que não faz muito tempo instalou-se, discretamente, numa das muitas travessas de Alfama. No site da unidade é possível ler-se que este é o primeiro boutique hotel no bairro histórico e tradicional, junto à Sé Catedral e ao Castelo de São Jorge.

ma01

D.R.

Ainda antes de entrar na informalidade e modernidade do hotel (a decoração ficou a cargo de João Corrêa Nunes e de Samuel Torres de Carvalho, também responsável pela arquitetura), o hóspede dá de caras, no exterior, com um trabalho do jovem português que se faz conhecer pelo nome Vhils. O rosto de um antigo morador do bairro surge esculpido na parede de um prédio — é uma espécie de boas-vindas para quem chega. E lá dentro? Ao todo, são 42 quartos com vista sobre o Tejo, mas também para os cenários em redor, num edifício cujas estruturas fundadoras datam do século XIX. Há ainda um terraço com serviço de wine bar e uma piscina localizada no primeiro andar.

 

ma06

D.R.

No meio está a virtude, diz o senso comum. Talvez por isso o Memmo Alfama tenha escolhido uma localização central; está a poucos minutos de distância fica a Avenida da Liberdade, da baixa pombalina, do Bairro Alto e do Chiado — o elétrico 28, já de fama internacional, encontra caminho até ao hotel, sendo que passa junto da respetiva infraestrutura e, diz o endereço eletrónico já referido, “é perfeito para descobrir os locais mais emblemáticos da herança histórica e arquitetónica da cidade”.

ma14

D.R.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Independent escrevia, em março deste ano, que o Alfama é o segundo hotel do grupo Memmo, depois daquele que assentou arraiais por terras algarvias, o Memmo Baleeira. “O nome significa ‘memória’ e reflete o objetivo da marca que pretende transmitir aos hóspedes os sons e os cheiros da sua localização”. Neste caso, Lisboa.