A equipa lusa, que defrontou o último classificado do grupo B, chegou cedo ao golo, mas encontrou grandes dificuldades para transpor a defesa helvética.

Numa primeira parte em que Portugal sentiu algumas dificuldades na concretização dos lances de perigo, valeu o golo de Álvaro Morais para tranquilizar a equipa comandada por Luís Duarte e dar um novo ânimo para o segundo tempo.

O golo até foi madrugador, aos quatro minutos, mas, depois disso, e até ao intervalo, Portugal não conseguiu voltar a marcar.

Para o segundo tempo, e face à dificuldade que a seleção portuguesa sentiu em passar a barreira defensiva suíça, surgiram os remates de fora da área, mas foi a vez de brilhar um guarda-redes atento e muito eficaz.

Mesmo assim, Portugal voltou a marcar por mais três vezes, e novamente por intermédio do marcador de serviço Álvaro Morais (2) e por Diogo Seixas.

A Suíça, comandada pelo português Pedro Antunes, ainda deu um ar de sua graça nos últimos minutos do encontro, ao marcar dois golos por intermédio de Robin Simons.

Portugal defronta nas meias-finais da prova, pelas 20:45 de sexta-feira, a França.

Jogo no Pavilhão do Valongo.

Portugal – Suíça, 4-2.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Álvaro Morais, 4 minutos.

2-0, Álvaro Morais, 30.

3-0, Álvaro Morais, 32.

4-0, Diogo Seixas, 35.

4-1, Robin Simons, 49.

4-2, Robin Simons, 50.

Sob arbitragem da dupla Derek Bell (Ing) e Lars Niestroy (Hol), as equipas alinharam da seguinte forma:

  • Portugal: Eduardo Leitão, André Gaspar, Álvaro Morais, Diogo Seixas e Xavier Cardoso. Jogaram ainda: João Campelo, Miguel Vieira, Luís Melo.

Treinador: Luís Duarte.

  • Suíça: Tiziano Tatti,Fabio Tommasi, Robin Simons, Julien Antunes e Raphael Rettenmund. Jogaram ainda: Timothé Riotton (gr), Camilo Boll, Fabien Waridel, Lukas Rodoni, Nino Wyss.

Treinador: Pedro Antunes

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.