A Fundação Francisco Manuel dos Santos dedica um mês à reflexão sobre a Educação. A conferência inaugural sobre a inclusão nas escolas decorreu na quarta-feira no Algarve e repete-se esta quinta-feira em Lisboa. Até 13 de novembro é possível assistir a vários debates, do pré-escolar ao acesso à universidade, e falar, por exemplo, sobre se existe equidade no acesso ao ensino superior.

A reflexão “em torno de várias questões fundamentais na vivência das escolas” é o objetivo da Fundação, que esta quinta-feira debate, na Torre do Tombo, em Lisboa, às 17h30, se o país tem, de facto, uma educação inclusiva. Os participantes convidados são Felicity Armstrong, professora na Universidade de Londres, e David Rodrigues, professor universitário e presidente da Associação Pró-inclusão.

À conferência seguem-se quatro debates dedicados a questões mais específicas: “A Ciência no Ensino Pré-Escolar“, “A literatura e o Ensino do Português“, “O Ensino da Literatura no 1º Ciclo do Ensino Básico” e “A Carga Horária no Ensino Básico“. Estes debates terão lugar entre 21 de outubro e 4 de novembro, em Lisboa, e contarão igualmente com especialistas em educação no painel de oradores.

A encerrar o ciclo decorre, em Vila Real e em Lisboa, a 12 e 13 de novembro respetivamente, uma segunda conferência sobre o “Acesso ao Ensino Superior“. Em discussão estarão “as deficiências que Portugal regista no que toca à qualificação da sua população, assim como o decréscimo que se verifica no ingresso no ensino superior e as mudanças nas regras de financiamento”, refere a Fundação em comunicado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Claire Chandeller, especialista inglesa, será uma das convidadas do debate e vai comparar o acesso ao ensino superior em vários países europeus. Carla Sá, especialista portuguesa, focar-se-á, por seu turno, nas dinâmicas regionais e quais deveriam ser as políticas de acesso ao ensino superior, assim como a sua adequação à realidade portuguesa.

As conferências têm entrada livre, mediante inscrição prévia na página da Fundação Francisco Manuel dos Santos. No site também será possível assistir, em streaming, às conferências. O programa completo das iniciativas também pode ser consultado online.