As rendas de contratos mais antigos não vão subir em 2015, mas também não vão descer. O coeficiente anual para atualização das rendas foi esta terça-feira publicado em Diário da República e indica uma atualização negativa. Os senhorios estão preocupados com a queda dos preços.

Para 2015, o coeficiente de atualização das rendas foi calculado em 0,9969, ou seja, é um coeficiente negativo. O que indica que quem tem contratos de arrendamento dependentes do valor da inflação não vai ter aumentos no valor a pagar mensalmente. A medida afetará ainda assim mais de meio milhão de pessoas.

O coeficiente de atualização depende da inflação registada em agosto, como o valor foi negativo, levou a que o coeficiente também fosse. Uma questão que “preocupa” os senhorios, disse ao Observador Luís Menezes Leitão, presidente da Associação Lisbonense de Proprietários. O representante dos senhorios lembra que estas “não são boas notícias” uma vez que além da não atualização de rendas, há muitos senhorios que têm encargos acrescidos em despesa com pessoal (porteiras por exemplo) por causa do aumento do salário mínimo.