Como é que um pequeno partido de extrema-direita consegue ganhar a guerra de 'gostos' no Facebook?

Nos eventos de rua, o Britain First não parece conseguir atrair grande número de apoiantes. Mas, nas redes sociais, deixa os principais partidos britânicos a grande distância. Porquê?

Um partido de extrema-direita britânico conseguiu obter mais ‘gostos’ no Facebook do que os três principais partidos políticos do Reino Unido. O Britain First, que se apresenta como um “partido político patriótico”, tem mais de 541 mil fãs na rede social, deixando a larga distância o Partido Conservador, com 300 mil, o Partido Trabalhista, com 194 mil, e o Partido Liberal Democrata, com pouco mais de 104 mil.

Como se explica este sucesso online, tendo em conta, escreve o Telegraph, que o Britain First reúne muito menos apoiantes nas ações de rua? Na verdade, o partido recorre a uma estratégia simples e muito usada nas redes sociais, que consiste em, por exemplo, colocar imagens de crueldade contra animais, pedindo aos utilizadores um ‘gosto’ ou uma partilha para “exigir penas bastante mais duras para aqueles que maltratam os animais”. “Estamos apenas a sintonizar-nos com a psique da nação ao colocar esse tipo de coisas” no Facebook, explica Paul Golding, um dos fundadores do partido.

Mas nem só com animais a estratégia é usada.

Com esta táctica, o partido consegue assim chegar a muitas pessoas, grande parte delas desconhecendo que tipo de organização se trata e que ideias defende. Mas uma rápida visita à página do Britain First permite perceber exatamente que ideias são.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.