O Santander Totta fechou os primeiros nove meses do ano com lucros de 118,8 milhões de euros, um aumento de 96,4% na comparação com o mesmo período do ano passado. No trimestre que marcou o colapso do Banco Espírito Santo, o Santander Totta viu os depósitos aumentarem mais de 8% (face a junho), ou seja, cerca de 1.600 milhões de euros.

Os lucros do Santander Totta aumentaram para 118,8 milhões de euros, que comparam com os 60,5 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2013. A subida, informa o banco em comunicado enviado à CMVM, deve-se ao crescimento da margem financeira (5,3%) e a menor necessidade de constituição de provisões.

O banco informa também que dispunha de 20.388 milhões de euros em depósitos, mais 8,2% do que no final de junho. “Mostra a confiança dos portugueses no Santander Totta, dos particulares e das empresas”, afirmou António Vieira Monteiro, presidente do Banco Santander Totta. O Santander Totta indicou que, entre junho e setembro, deu-se um aumento de 13,5% nos depósitos das empresas e de cerca de 6,2% nos depósitos de particulares.

Terá sido parte destes depósitos proveniente do BES? “Para mim não é importante de onde vem”, afirmou António Vieira Monteiro, salientando que “quando um banco tem os rácios de solvabilidade que nós temos, é natural que mereça cada vez mais a confiança do público”.

O Santander Totta indicou também que o crédito a empresas aumentou 1,2% no trimestre e 0,9% na comparação homóloga. Já o crédito a particulares desceu 3,2% na comparação homóloga.